Digital Foundry afirma que Metroid Prime 4 estava rodando no Switch e não em um novo hardware

Digital Foundry afirma que Metroid Prime 4 estava rodando no Switch e não em um novo hardware

Canal afirma que um dos benefícios de jogos exclusivos é extrair o máximo do hardware.
#Games Publicado por Vinicius, em

Após uma longa espera, durante o Nintendo Direct de ontem finalmente tivemos a revelação do próximo título da franquia Metroid Prime, o qual será intitulado Metroid Prime 4: Beyond. Com o trailer apresentando gráficos bastante impressionantes para o Switch, muitos jogadores se perguntaram se estaria mesmo rodando no atual console da Nintendo ou seria no próximo hardware ainda não anunciado.

Aproveitando o assunto, o canal Digital Foundry decidiu analisar a performance e aspecto técnico do jogo para descobrir se o que foi apresentado estava dentro das capacidades do Nintendo Switch.

Leia Também:

  1. Towerborne continua programado para este ano e ganha novos detalhes
  2. Star Wars Jedi: Survivor para PS4 e Xbox One pode ser lançado em breve

Com base na análise, o canal afirma que tudo indica que o jogo está realmente rodando no Nintendo Switch. A Retro já se mostrou ser muito competente e a Digital Foundry afirma que deve ser uma honra para o estúdio alguns estarem considerando ser um título do novo hardware.

O jogo parece incrível e há alguns efeitos interessantes que analisamos mais de perto, mas, no final das contas, todas as evidências apontam para este jogo está rodando no Switch original. A resolução de renderização interna é de 900p, que é a mesma de Metroid Prime Remastered. E por mais bonito que seja, existem alguns problemas de aliasing e até mesmo algumas pequenas quedas no frame-rate. Tudo na composição visual é consistente com um jogo de Switch muito bem feito, onde a Retro tem um excelente histórico. Posso imaginar que o estúdio de desenvolvimento está muito feliz que as pessoas estejam fazendo uma conexão com o Switch 2.

Para a Digital Foundry, o visual é apenas consequência de uma desenvolvedora habilidosa que trabalhou exclusivamente com um único hardware a ponto de conhecê-lo o bastante para extrair todo seu potencial.

Há algumas coisas em jogo aqui, mas no final das contas é a habilidade da desenvolvedora de trabalhar em uma plataforma fixa que eles tiveram tempo de conhecer durante um longo período de tempo. Esse foco singular torna possíveis grandes coisas. Outro bom exemplo seria Halo 4 no Xbox 360 – no final do ciclo de vida de um console você pode ver o hardware sendo empurrado de formas que nunca teriam imaginado anteriormente.

bU1BZ21kUjhqd1U=

Metroid Prime 4: Beyond será lançado em 2025 para o Nintendo Switch.

Fonte: Www
Vinicius
Vinicius #VSDias55
Equipe do Site, Florianópolis
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por coca,
#Games, Por DreadnaughtBR,