Alan Wake 2 ganha prévia da IGN - Confira a primeira impressão!

Alan Wake 2 ganha prévia da IGN - Confira a primeira impressão!

"Remedy pode estar fazendo uma das sequências mais radicais da história dos videogames."
#Games Publicado por Vinicius, em

Após 13 anos de espera, Alan Wake finalmente ganhará uma sequência esse ano. Com Alan Wake 2, a Remedy afirma que espera entregar uma experiência mais única e aterrorizante, focada mais no lado assustador da série.

Agora o portal IGN teve a oportunidade de testar o jogo e liberou um novo vídeo, mostrando um pouco do gameplay e dando suas impressões iniciais do que jogou até o momento.

Leia Também:

  1. Forza Motorsport recebe novo vídeo apresentando quase 18 minutos de gameplay
  2. Diretor de som do PlayStation Studios afirma que o mundo não está preparado para o lançamento de Marvels Spider-Man 2

VkpBMDBremxncjg=

Para os fãs do primeiro jogo, há muitos elementos familiares. Ainda há muitos manuscritos espalhados pelos cenários contendo informações relevantes para ler, sem contar as garrafas térmicas que retornam como colecionáveis.

O grande destaque dessa sequência fica para a troca de gênero. Enquanto o primeiro jogo era um título de ação que flertava com o terror, Alan Wake 2 mergulha totalmente no gênero, incluindo elementos como exploração e quebra-cabeças.

Enquanto o original de 2010 era um jogo de ação vestido com uma fantasia de Halloween, Alan Wake 2 é um survival horror completo. Ele vem completo com quebra-cabeças, exploração, backtracking e uma biblioteca de ficção policial repleta de histórias arrepiantes. Parece que quase todos os elementos do gameplay de Alan Wake foram reinventados. E, pelo que posso dizer até agora, tudo foi para melhor.

Tendo jogado um dos primeiros capítulos do jogo, a IGN afirma que Alan Wake 2 possui um ritmo mais lento que outros títulos da Remedy, com a protagonista investigando a cidade e interrogando seus cidadãos.

Os mapas agora também são mais amplos em vez de apenas uma linha reta como era no original. Isso dá aos jogadores mais caminhos para seguir e explorar, descobrindo mais sobre o mundo e seus personagens.

Em vez das galerias de tiro A-B como no jogo original, Watery é um centro aberto de trilhas sinuosas na floresta que podem ser livremente exploradas. Isto afetou o design do cenário; ao longo do capítulo, meus objetivos me levam para frente e para trás, descobrindo e revisitando locais à medida que novos itens e informações expandem a história.

Em questão de quebra-cabeças, o site afirma que ao contrário de Resident Evil onde geralmente se resumem a conseguir um item específico para concluir, Alan Wake 2 possui desafios mais ambíguos e que envolvem mais o jogador, sendo necessário analisar o cenário para chegar a uma solução.

Se tratando de combate, o jogo é comparado com os recentes remakes de Resident Evil, oferecendo um ângulo de câmera igual. Existe também um sistema de ferimentos, com cada tiro causando estragos no corpo dos inimigos.

Outros elementos clássicos da franquia retornam, como o uso da lanterna para remover a escuridão dos inimigos e a esquiva para escapar dos ataques. Já a mudança mais significativa foi o ritmo dos combates, agora não tendo mais ondas de inimigos, uma atrás da outra.

É igualmente ótimo ver o que o Remedy removeu da sua fórmula original. Os encontros nesta missão da demo estão muito longe das hordas implacáveis de inimigos que povoaram o primeiro jogo. Em vez disso, os momentos de violência são muito mais espaçados e envolvem apenas um ou dois agressores. Um único inimigo é um desafio significativo. Isso faz com que as lutas pareçam espaçadas e desesperadoras; um furacão de adrenalina onde cada tiro conta.

Além do terror, a Remedy também incluiu elementos de detetive no jogo, combinando com a profissão da protagonista Saga. Conversando com os habitantes e explorando os cenários, os jogadores vão encontrando mais pistas e evidências sobre o que está acontecendo.

No entanto, a protagonista não conecta essas pistas automaticamente, cabendo ao jogador fazer a ligação por conta própria. Dentro da mente de Saga, é possível rearranjar as pistas e ligar umas às outras, o que libera novos objetivos no mundo real.

Um dos exemplos é quando encontrou uma porta fechada em uma loja. Usando o quadro na mente de Saga, foi possível usar evidências de uma porta encontrada anteriormente que teve a fechadura arrombada com uma chave de fenda, o que liberou a missão de achar o item no mundo real.

Apesar de ser uma mecânica promissora, a IGN afirma que era um pouco desajeitada, com uma interface e comandos não muito intuitivos. O site também teve dificuldades em achar a solução para a investigação, tendo que acabar "testando todas as opções até a pista dar certo".

O trabalho de detetive, o design do mapa, os encontros de combate conturbados e o ritmo mais lento e tenso de Alan Wake 2 tornam-no uma proposta muito diferente de seu antecessor. Na verdade, pelo que vi em meu tempo jogando e na demo mostrada na Gamescom no mês passado, parece que a Remedy pode estar fazendo uma das sequências mais radicais da história dos videogames. Embora eu ame o pedigree dos jogos de ação do estúdio, este novo experimento com survival horror até agora parece a abordagem que Alan Wake sempre quis adotar. É inteligente, sombrio, atmosférico e repleto de personalidade.

Alan Wake 2 será lançado em 27 de Outubro para PC, PlayStation 5 e Xbox Series X/S.

Fonte: Www
Vinicius
Vinicius #VSDias55
Equipe do Site, Florianópolis
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.