Cloud Gaming promete, mas ainda tem muitas dificuldades técnicas, diz CEO da Sony

Cloud Gaming promete, mas ainda tem muitas dificuldades técnicas, diz CEO da Sony

Kenichiro Yoshida decime comentar a respeito.
#Games Publicado por coca, em

Já faz um tempo que diversas empresas estão investindo pesado no mercado de jogos em nuvem (Cloud Gaming), sendo que atualmente a Microsoft é a principal nesse ramo com o Xbox Cloud Gaming.

No entanto, anos atrás, outra empresa começou a se aventurar por esse mercado, com a Sony com o PlayStation Now, que ficou disponível apenas em países selecionados e não fez tanto sucesso. No fim, o PlayStation Now agora faz parte do novo modelo de assinatura de jogos da Sony, o PlayStation Plus.

Leia Também:

  1. Foi divulgado a resolução e taxa de quadros de Atlas Fallen no PS5 e Xbox Series S|X
  2. Final Fantasy VII: Rebirth | Não será necessário jogar a primeira parte do remake

Recentemente, durante uma entrevista para o Financial Times, o atual CEO da Sony, Kenichiro Yoshida, decidiu comentar a respeito do Cloud Gaming e disse que esse sistema ainda enfrenta muitas dificuldades técnicas, como latência e mais.

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy85Mi8wOTEyMDEuanBn

"Eu acho que a própria nuvem é um modelo de negócio incrível, mas quando se trata de jogos, as dificuldades técnicas são altas. Portanto, haverá desafios para os jogos em nuvem, mas queremos enfrentar esses desafios", disse Kenichiro Yoshida.

Além disso, Kenichiro Yoshida mencionou que a Sony poderia potencialmente empregar sua tecnologia "GT Sophy AI", que foi introduzida com o lançamento de Gran Turismo 7, para aperfeiçoar seus esforços no campo dos jogos em nuvem.

De qualquer maneira, temos poucos detalhes sobre os planos futuros da Sony sobre o Cloud Gaming.

Fonte: Gamingbolt
coca
coca

Me segue lá no Twitter.

[email protected]

Equipe do Site, Narnia do oeste ao lado sul do norte meio oeste
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.