FTC processa Microsoft pela aquisição da Activision Blizzard

FTC processa Microsoft pela aquisição da Activision Blizzard

Órgão regulador afirma que Microsoft possui histórico de remover conteúdos das plataformas rivais.
#Games Publicado por Vinicius, em

Já faz alguns meses que a aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft vem rolando, sem nenhum sinal de quando teríamos um desfecho. Agora parece que as coisas tomaram um novo rumo, não muito bom para o lado da Microsoft.

Após rumores da possibilidade disso acontecer, agora a FTC, órgão regulador dos Estados Unidos, acaba de entrar com uma ação judicial contra a Microsoft pela aquisição da Activision Blizzard.

De acordo com o FTC, essa aquisição, a qual seria a maior já realizada na indústria dos jogos, permitiria que a Microsoft superasse seus concorrentes. De acordo com o órgão, a Microsoft possui um histórico de adquirir conteúdos para remover dos consoles rivais, citando a Zenimax como exemplo.

A Microsoft já mostrou que pode e irá reter conteúdo de seus rivais de jogos. Hoje buscamos impedir que a Microsoft obtenha controle sobre um estúdio de jogos independente líder e o use para prejudicar a concorrência em vários mercados de jogos dinâmicos e de rápido crescimento.

A Activision atualmente oferece seus jogos em diversos dispositivos, mas de acordo com o FTC isso poderia mudar se a compra fosse aprovada. Com controle sobre as franquias da Activision, a Microsoft teria os meios para prejudicar a competição, ao manipular os preços e diminuir a qualidade dos jogos nos consoles e serviços rivais.

Com o controle sobre as franquias de grande sucesso da Activision, a Microsoft teria meios e motivos para prejudicar a concorrência, manipulando os preços da Activision, degradando a qualidade do jogo da Activision ou a experiência do jogador em consoles e serviços de jogos rivais, alterando os termos e o tempo de acesso ao conteúdo da Activision ou retendo conteúdo inteiramente de concorrentes, resultando em danos aos consumidores.

Em resposta ao processo do FTC, Brad Smith, vice-presidente da Microsoft, respondeu:

Continuamos acreditando que este acordo expandirá a concorrência e criará mais oportunidades para jogadores e desenvolvedores de jogos. Estamos comprometidos desde o primeiro dia em abordar as questões de concorrência, inclusive oferecendo concessões propostas no início desta semana à FTC. Embora acreditássemos em dar uma chance à paz, temos total confiança em nosso caso e agradecemos a oportunidade de apresentar nosso caso no tribunal.

Anteriormente a Microsoft já havia demonstrado que estaria pronta para batalhar nos tribunais caso a compra fosse barrada. Parece que teremos que esperar agora para ver como a história irá se desenrolar.

Fonte: Www
Vinicius
Vinicius #VSDias55

Me segue lá no Twitter:

Vinicius__SD

Equipe do Site, Florianópolis