AI: The Somnium Files e Premiações ocidentais de jogos

AI: The Somnium Files e Premiações ocidentais de jogos

Por que os dois lados não se encaixam?
#Artigos Publicado por Sr Ori, em

Todo ano temos centenas de jogos sendo lançados, mas apenas alguns deles ganham destaque e premiações os definindo como melhores do ano. Isso é até interessante para indicar que alguns jogos se destacaram dentre tantos outros lançados durante o ano, levando inclusive algumas pessoas a quererem jogá-los.

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLmltZ3VyLmNvbS9zNEFsM21YLnBuZw==

Porém no meio de todo esse holofote e premiações, vários outros jogos também são lançados com extrema qualidade mas são esquecidos por algum motivo, seja porque faz parte de algum nicho ou porque não teve marketing suficiente para isso. Isso parece um pouco contraditório porque os jogos participantes deveriam ser medidos por conta da sua qualidade e impacto em seu gênero, mas ainda ocorre de alguns jogos serem esquecidos.

Não quero dizer que jogos escolhidos para as premiações não merecem estar lá. No geral são escolhidos jogos que possuem muita qualidade, mas que algumas vezes seguem por exemplo a mesma fórmula de outros jogos já existentes. Quando isso acontece, talvez fosse interessante buscar por jogos que fizeram algo a mais e diferente do padrão para algum tipo de gênero, seja ele qual for. E nem estou mencionando apenas a premiação principal, mas até em outras categorias às vezes são preenchidas com jogos que "tiveram um marketing maior" para preencher aquele suposto vazio.

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLmltZ3VyLmNvbS9nYnZnUVlZLmpwZw==

O que mais vejo prejudicado nisso tudo são os jogos japoneses que, mesmo alguns se destacando em alguns aspectos, eles praticamente não são citados em premiações ocidentais, como BAFTA, TGA e DICE. Geralmente, os jogos japoneses que participam dessas premiações são jogos já bem populares no ocidente, como Resident Evil, Pokémon, Final Fantasy, Dark Souls e alguns outros. Jogos como Xenoblade, Yakuza, Persona, AI: The Somnium Files e vários outros precisam realmente "estourar a bolha" em questão de qualidade e público para que seja citado em alguma categoria. Um exemplo interessante foi o Yakuza Like a Dragon que foi o primeiro da franquia a realmente fazer sucesso com um público que antes não acompanhava seus jogos, e inclusive participou do TGA como um dos melhores RPG do ano.

AI: The Somnium Files - nirvanA Initiative

Mas focando no jogo que eu quero falar é semelhante a um artigo feito pelo pessoal da The Thirsty Mage, AI The Somnium Files nirvanA Initiative é o meu jogo do ano e que certamente será esquecido, tanto pelo público em geral quanto por qualquer categoria de premiação. Ele é um jogo de aventura feito pela Spike Chunsoft e já é uma sequência direta do primeiro jogo lançado em 2019. Para efeito de comparação, muitos sequer conhecem o jogo e a única premiação a considerar a qualidade dele foi a Famitsu, premiando-o como melhor jogo de aventura daquele ano.

ZVJCdTZFczBxYzQ=

O criador do jogo se chama Kotaro Uchikoshi, sendo também o criador da genial franquia Zero Escape. Ao criar AI The Somnium Files ele mostrou traços bem semelhantes ao que vemos em jogos do gênero Visual Novel e também lembra um pouco a franquia Zero Escape, como as caixas de textos e personagens parados conversando. No entanto, ele foi bem além no quesito de interpretação dos personagens, modelando-os em 3D, criando atuações para cada um (eles não mexem somente a boca igual geralmente é comum de se ver) e entregando dublagens muito bem feitas.

A parte interessante dessa franquia é que ela aborda muito a parte psicológica dos personagens, representando isso em um mundo de realidade virtual. Esse conceito é semelhante ao da franquia Psychonauts, mas abordada com mecânicas totalmente diferentes. E esse acaba sendo um ótimo exemplo pois, apesar do Psychonauts 2 não ter sido o jogo mais premiado/aclamado de 2021, ainda assim ele recebeu muitos e muitos prêmios, também sendo bastante comentado pelo público. Por outro lado, AI: The Somnium Files que aborda um conceito de certa forma semelhante, nem chega a ser citado.

Mas quem conheceu o primeiro jogo, assim como eu, deve ter tido receio de anunciarem uma sequência 4 anos depois e não haver muitas melhorias ou até pioraram o jogo. Porém Uchikoshi trouxe não apenas melhorias, mas personagens, mecânicas e história totalmente novas, sendo por sinal bem arriscado mas que fez funcionar de forma perfeita. Inclusive achei o foco desses novos personagens e a história contada bem melhores que o do jogo anterior.

O que Uchikoshi conseguiu criar nessa sequência certamente não é fácil de fazer. O jogo ser um pouco diferente do que o padrão de mercado busca e ainda ter baixo apelo comercial acaba tendo seu preço, como por exemplo ele provavelmente não será citado em qualquer tipo de categoria em destaque mesmo que o jogo seja extremamente competente nela.

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLmltZ3VyLmNvbS95R0RDZEhULnBuZw==

Porém, ainda assim, o jogo conseguiu alguma base de fãs e todos ficaram extremamente contentes com o que foi entregue esse ano. E tanto eu como os já citados The Thirsty Mage esperamos talvez um pouco de maior reconhecimento desse jogo ou da sua futura sequência (caso exista).

Para quem ainda não jogou AI The Somnium Files nirvanA Initiative, pode acompanhar uma análise aqui no site para tirar dúvidas e não precisa jogar o primeiro jogo para começar essa sequência caso prefira. Em resumo, ele é um jogo sobre investigação criminal, mas ao mesmo tempo com aquele exagero excêntrico bem conhecido em alguns jogos japoneses. Nessa sequência chamada nirvanA Initiative, a história aborda um crime bem incomum (para não dizer sobrenatural), o qual os personagens da trama investigam pessoas sendo mortas por serem divididas ao meio. No entanto, apenas a parte esquerda do corpo é encontrada em suas investigações. 6 anos se passaram e a investigação ainda está aberta por não conseguirem solucionar, mas o que chama a atenção novamente para o caso é que a parte direita dos mesmos corpos de 6 anos atrás começam a aparecer. Isso leva a uma série de deduções e plots bem legais conforme o andamento da história, além de que, mesmo possuindo vários finais, cada um deles é muito bom de se fazer e contribui para a linha principal da história.

Para finalizar e deixar mais claro, não importa quem realmente irá ganhar ou ser mais premiado nesses eventos, apesar de ser muito importante e gratificante para as empresas que ganham. Apenas seria interessante que alguns desses jogos "menos relevantes" recebessem algum destaque por conta de sua qualidade e diferencial, seja colocando eles em alguma categoria/votação ou fazendo menções honrosas.

Mas o que vocês acham sobre esse jogo e sobre como é direcionada as premiações e destaque de jogos lançados todo ano?

Sr Ori
Sr Ori #luhckaz100

Fã de yakuza e jogos que trazem experiências criativas e diferentes das que já tive.

Colaborador do Site