Halo Infinite | Análise

Halo Infinite | Análise

343 industries, você conseguiu!
#Análises Publicado por A dark at the pa, em
INTRODUÇÃO

Halo Infinite é um jogo desenvolvido pela 343 industries (com cooperação da Coalition, Undead Labs, Skybox, Sperasoft, Certain Affinity e mais alguns) e publicado pela Xbox Game Studios. Desenvolvido em um novo motor gráfico chamado Slipspace engine; sem o mesmo, as ambições almejadas pelo estúdio para o jogo não poderiam ser concretizadas. Fora lançado em 8 de dezembro de 2021 (após ser adiado em agosto de 2020 período no qual se constatou que definitivamente o jogo não ficaria "pronto" na data de 10 de novembro de 2020, o que nos lembra da aparição do famoso "Craig o bruto "-saudoso) para Xbox One, Xbox Series, PC e Xcloud, estando disponível day-one em todas as plataformas do ecossistema Xbox pelo serviço de assinatura de jogos da Microsoft- Gamepass.

Quando a 343 inustries apresentou ao mundo o primeiro trailer de Halo Infinite em 2018, não deu uma previsão para o lançamento do jogo:

Rm1kYi1LbWx6RDg=

Ele acendeu novamente a esperança dos fãs de Master Chief que agora o estúdio responsável pelo jogo os daria uma verdadeira "experiência Halo" que quer dizer: Master Chief como protagonista a campanha inteira com sua amada companheira IA, seus soldados Marines do lado, um rifle e um Warthog perambulando por um misterioso halo, ao som de uma trilha sonora excepcional. Todos esses elementos foram o que definiram a série Halo.

No fim, a 343 conseguiu nos entregar tudo isso e um pouco mais.

HISTÓRIA (sem spoilers)

A história de Halo Infinite para novatos deve ser um tanto difícil de entender já que para situar-se perfeitamente no enredo desse jogo você precisa saber o que aconteceu em Halo 5 Guardians (Exclusivo de Xbox One disponível no Xcloud) e Halo Wars 2 (Jogo de estratégia em tempo real). Dentro do jogo existem outras maneiras de contar um pouco dos eventos que aconteceram, em sua grande maioria, no Zeta Halo, (que é o Halo principal onde a história do jogo toda se desenvolve) só que esses áudio logs descrevem acontecimentos anteriores a chegada de Master Chief nesse local. Portanto, acrescentam bem mais àqueles que já estão situados no enredo.

Por vezes, aleatoriamente os marines que você encontra por aí no mundo de Zeta Halo, contam alguma interessante sobre coisas que aconteceram por alí (além de provocar os inimigos constantemente rs).

IMAGEaHR0cHM6Ly9wYnMudHdpbWcuY29tL21lZGlhL0ZJcktMZjhXWUFFd2NTUj9mb3JtYXQ9anBnJm5hbWU9bGFyZ2U=

Os marines parecem mais divertidos do que nunca (ainda mais com uma rocket launcher em mãos). Eles interagem constantemente conforme o que acontece com eles, algumas marines falam bastante kkk.

O enredo do jogo começa bastante agitado com o Chief já no meio do caos. Onde os primeiros cenários são lineares, lembrando bastante o formato do antigo Halo 2. Nos é apresentada a problemática central do jogo nessas primeiras 3 horas, de forma orgânica, sem cortes, utilizando o plano sequência com cutscenes renderizadas in game, diferente de Halo 4 e 5, ela empolga os fãs ávidos por isso há muito tempo. Ela progride linearmente nesse tempo até que você possa explorar livremente as áreas do Zeta Halo e é aí que as coisas ficam um pouco estranhas.

IMAGEaHR0cHM6Ly9wYnMudHdpbWcuY29tL21lZGlhL0ZJcldNZExYc0FBYmQzUz9mb3JtYXQ9anBnJm5hbWU9bGFyZ2U=

Como essa é a primeira vez que um Halo tem um mundo realmente aberto, com side quests e etc. Uma progressão da história que depende da vontade do jogador em largar tudo e partir somente para a progressão da história principal ou não, eu meio que estranhei um pouco esse sistema nas horas seguintes, pois depois de fazer as mesmas side quests por um tempo me questionei se o jogo realmente estagnaria alí. "Não seria muito repetitivo?"- me perguntei. Só que depois de umas 8 ou 9 horas de jogo, jogando no lendário, a história novamente deslanchou outra vez e daí até o rolar dos créditos, foi incrível. Ela foi progredindo, progredindo e aumentando seu clímax, finalmente mostrando o que os fãs queriam saber e deixando ótimas pontas soltas para futuras dlcs da história (que serão gratuitas, segundo a 343). O desfecho me foi satisfatório, enquanto as letras, intermináveis quase, dos créditos subiam eu sentia já saudades do Zeta Halo e pensava na excitação, sobre o que viria a seguir na história. Principalmente vendo os pós créditos, a cutscene exclusiva do modo de dificuldade lendário, spoiler abaixo pra quem quiser vê-la.

Esta parte do texto foi marcado como Spoiler. Clique aqui para ver o contéudo.

Dessa forma, eu curti bastante a história e todo o caminho. Apenas aponto como ponto negativo, uma certa demora no meio do jogo em apresentar qualquer progressão significativa da história, que dá uma sensação de vazio passageira mas que incomodou um pouco. A gameplay e os cenários compensaram ao meu ver pra que eu continuasse firme até que esse momento passasse, além da curiosidade que parecia enfraquecida nesses momentos.

INIMIGOS, IA, CENÁRIOS, EQUIPAMENTOS

Nas primeiras horas de jogatina, nos são apresentados inimigos já conhecidos dos veteranos da franquia, os grunts, brutes, elites, jackals mais posteriormente, todos eles têm muitas variações mas muitas só nos são mostradas mais ao longe no game assim como os novos inimigos de Halo Infinite.

Slide https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/12/infinite-grunt-pic.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/12/infinite-jackal-pic.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/12/halo-infinite-brute-zerker.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/12/infinite-skimmer-pic.jpg;;;https://oyster.ignimgs.com/mediawiki/apis.ign.com/halo-infinite/b/b2/Angy_hunter.png

Os grunts estão do jeito como sempre gostamos, fazendo suas famosas traquinagens e falas cômicas. Aqui eles parecem ser menos inteligentes que nas outras versões mas nunca devem ser deixados de lado, até porque nunca se sabe quando um deles será arremessado na sua fuça com dois presentinhos em mãos. O fato de eles estarem menos letais aqui se deve a quantidade de inimigos e variações novas que se apresentam nos cenários ao meu ver. O que deixa o jogo mais balanceado.

Os jackals estão quase tão letais quanto em halo 2, só que aqui eles precisam de 3 tiros pra te matar se você estiver com o escudo cheio e com alguma melhoria do escudo. Em halo 2 só precisavam de 1 ou 2 tiros no máximo pra fazer o mesmo. Só que em Halo Infinite a cadência de seus rifles é insanamente alta, dando quase no mesmo. Eles ficam posicionados em posições alta estratégicas, por vezes atiram e se abaixam atrás de pedras, o forçando a usar o sonar (novo equipamento introduzido em Halo infinite).

Os brutes normais não são grandes problemas, são como grunts só que com armas melhores e com mais vida e armadura. Os Brutes snipers são aqueles que você realmente deve temer.

No geral os inimigos se escondem, te caçam, avançam quando você está recarregando e alguns são mais inteligentes que outros, geralmente conforme a hierarquia. Quanto a IA, nada a reclamar. O sistema de combate em sí, parece bastante justo e completo.

As boss fights são quase sempre momentos memoráveis, pra mim as primeiras e as últimas principalmente, assim como alguns "minibosses" que a gente encontra por aí. As principais, todas, te obrigam a fazer uso constante dos novos equipamentos para sobreviver e superar os chefes. O sonar, o gancho, a parede reposicionável, esses 3 são essenciais pra se dar bem tanto nos chefes como no open world e os upgrades adicionam demais pra tudo isso.

A habilidade que julgo menos útil mas que ainda assim salva muitas vezes quando outras estão em recarga: o propulsor. Os dashes que você dá inicialmente são muito curtos, levando mais núcleos spartan para que você sinta um maior benefício. Ou seja, custo-benefício baixo se comparado com as melhorias do núcleo de escudo ou gancho por exemplo.

De vez em quando naves cheias de tropas dos banidos te perseguem enquanto você descobre novos lugares e coisas pra fazer no Zeta Halo, o que adiciona muito à imersão do game, trazendo a tão almejada organicidade, a qual torna as coisas menos previsíveis e adiciona experiências frescas, novas e diferentes pra cada jogador.

Slide https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large_wm_brw/public/field/image/2021/12/infinite-grapple-upgrade-1.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large_wm_brw/public/field/image/2021/12/infinite-shield-upgrade-1.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large_wm_brw/public/field/image/2021/12/infinite-threatsensor-upgrade-1.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large_wm_brw/public/field/image/2021/12/infinite-dropwall-upgrade-1.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large_wm_brw/public/field/image/2021/12/infinite-thruster-upgrade-1.jpg

Os cenários do jogo nas primeiras horas não impressionam muito, julguei-os apenas "ok". Conforme as horas foram jogadas eu percebí algumas variações de vegetação, alguma variedade de animais, insetos, os anéis escondidos, as cavernas, o pôr do sol (e que pôr do sol mais lindo), a noite, o céu estrelado, a alvorada, as novas construções antigas, forerunners, as cachoeiras, e pude ver que o jogo tinha muito mais coisa a oferecer nesse aspecto. São paisagens incríveis que combinadas com a música incrível deram satisfação quando as ví. O jogo não é perfeito nesse aspecto, as vezes a grama vai se renderizando poucos metros a frente de Master Chief; principalmente quando chief morre, a câmera do jogo acaba mostrando coisas estranhas que incomodam um pouquinho; um certo problema técnico especificado pela Digital Foundry (canal famoso de tecnologia no youtube) sobre como as sombras se comportam nesse open world também é notado. Enfim, pequenas coisas que tiram um pouco da imersão no game, nada que atrapalhe. Inclusive espero muito que a 343 ouça os pedidos dos fãs como o fez muito bem nesse game, e futuramente inclua novos biomas, estações, coisas que agreguem à imersão do Zeta Halo, além do já prometido patch que adiciona ray tracing.

Algumas prints que tirei do meu Xbox Series S:

Slide https://pbs.twimg.com/media/FIrrghTXMAAgUJk?format=jpg&name=large;;;https://pbs.twimg.com/media/FIrrgjTWUAUP6uV?format=jpg&name=large;;;https://pbs.twimg.com/media/FIrrghEWQAAPkwL?format=jpg&name=large;;;https://pbs.twimg.com/media/FIrrK4PXoAM56Mk?format=jpg&name=large;;;https://pbs.twimg.com/media/FIrrK4BXsAoNyda?format=jpg&name=large;;;https://pbs.twimg.com/media/FIrrK4bXEAgADGt?format=jpg&name=large;;;https://pbs.twimg.com/media/FIrrK4DXMAA28kR?format=jpg&name=large;;;https://pbs.twimg.com/media/FIrrB5JWQAU4aDj?format=jpg&name=large;;;https://pbs.twimg.com/media/FIrrB5IWYAQN-pd?format=jpg&name=large;;;https://pbs.twimg.com/media/FIrrB5UX0AYUsyb?format=jpg&name=large

GAMEPLAY

Aqui é o ponto que considero onde Halo Infinite mais brilha. A gameplay é fenomenal! Todas as armas são muito satisfatórias de usar, tudo funciona perfeitamente bem em todas elas. A gunplay realmente faz com que você não se canse de matar hordas e hordas de inimigos banidos. Todas as armas tem uma função diferente, algumas são mais eficazes contra certos tipos de inimigos do que outras, mas todas sinto bem balanceadas. Conjuntamente com os novos equipamentos e habilidades, a gameplay agora é mais fluída do que nunca e entrega uma variedade enorme de diferentes abordagens e soluções pros conflitos que se apresentam. As granadas idem. As novas granadas e armas de choque são muito úteis, não são op nem fracas, mas ocasionalmente dão stagger ( quando um ou mais inimigos ficam atordoados) nos inimigos, acionam efeitos de danos em cadeia. Não esquecendo das caixas de plasma que também são uma opção e podem ser a diferença entre a vida ou a morte, como o gancho também e etc. Julgo que nesse aspecto a 343 conseguiu a perfeição.

É definitivamente a melhor gameplay já feita de todos os Halo's feitos até hoje.

Slide https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/06/halo-infinite-assault-rifle-2021.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/07/halo-infinite-br.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/07/halo-infinite-multiplayer-10.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/07/halo-infinite-multiplayer-18.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/07/halo-infinite-plasma-pistol.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/07/halo-infinite-multiplayer-22.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/09/disruptor-halo-infinite.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/07/halo-infinite-multiplayer-3.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/07/halo-infinite-multiplayer-11.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/09/halo-infinite-hydra.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/07/halo-infinite-multiplayer-6.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/09/halo-infinite-mangler.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/09/cindershot-pic.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/09/halo-infinite-shock-rifle.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/09/halo-infinite-stalker-rifle.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/07/grav-hammer-infinite.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/09/halo-infinite-energysword-pic.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/07/halo-infinite-multiplayer-spartans.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/09/halo-infinite-sentinel-beam.jpg;;;https://www.windowscentral.com/sites/wpcentral.com/files/styles/large/public/field/image/2021/07/halo-infinite-skewer.jpg

MÚSICA E SOM

Nesse aspecto do game, juntamente com a gameplay, os caras fizeram um trabalho incrível, em tudo. Cada mínimo som do jogo tem uma qualidade absurda, assim como a mixagem, a dublagem, as músicas então nem se fala.

Joguei o jogo todo com a dublagem brasileira, ela é boa, muito competente, principalmente nos grunts. Apesar de saber que a original efetivamente é melhor.

LWo0LURHUEVGaWs=

Quanto às músicas tem algumas novas que me marcaram mais que outras. No jogo, eu achei por vezes que elas poderiam ter um volume de áudio maior (rs) ou a opção para isso. Todas são excelentes. Tem novas versões de músicas clássicas que qualquer fã de halo conhece e que ficaram boas demais. Música e halo, halo e música. É tradição da franquia a altíssima qualidade das composições. Um dos caras por trás de algumas eu conheço bem de ouvido- Gareth Cooker (Franquia Ori da Microsoft). Fez um trabalho ímpar novamente. Concluindo, a 343 largou o estilo dela dos passados Halo 4 e 5 com músicas mais fortes e de vibe mais "Tron" da vida que não era nada ruim, diga-se de passagem. E adotou o estilo tradicional mas revigorado, que combina totalmente com a nova proposta Halo que foi criada dessa vez.

SjZvRW9QdEhtRzQ=

CONSIDERAÇÕES FINAIS

No fim, Halo infinite não é perfeito, creio que muito por conta das dificuldades que a 343 passou conforme relatos postados aqui mesmo pela GameVicio, e que ela não teve todo o tempo ou competência do mundo pra fazer o jogo perfeito. No entanto, o produto final, sem mencionar o multiplayer que (também ficou muito bom mas longe do que pode vir a ser) o qual não abordei aqui, Halo Infinite é uma obra prima por tudo que mencionei nessa análise, mas uma obra prima que poderia ser nota 10 e acabou sendo menos por inúmeros fatores que não sabemos ao certo. Aguardo ansioso pelo futuro da franquia, e agradeço a 343 e todos os estúdios de apoio por trazer Halo de volta às origens e aos trilhos com uma gameplay mais lisa que manteiga (galera do discord vai se lembrar dessa rsrs) e um futuro muito promissor pela frente.

IMAGEaHR0cHM6Ly9pbWFnZXMtZWRzLXNzbC54Ym94bGl2ZS5jb20vaW1hZ2U/dXJsPTI3UzFESHFFLmNIa21GZzRuc3BzZDQ1Ulp1YUd4N2htMlhraHBkTDFMaDVTeEp2OTJmTGZfVDVOcUdOQ2haREo0S2dMcnRwOFBUNG9ic2NNUnc2dWVIT1ZpUzVQVDJxTVpuN1pIYW1wX0kzazRzb3NOZzI0YzltU0FTN05KeWpJRTlQMWh4cTF5V01zb0Q3am8yeDZYQS0tJmg9NzY4Jnc9MTM2NiZmb3JtYXQ9anBn

9.5
sentiment_very_satisfied
Nota
Halo de volta da melhor forma (possível)
Prós
  1. Gameplay
  2. Halo tradicional
  3. Trilha sonora e Áudio
  4. Open World
Contras
  1. Falta de engajamento na história em certa parte do jogo
  2. Alguns probleminhas técnicos
A dark at the pa
A dark at the pa #Jax Roxo

GT: AlessonGamerBR

Usuário do Site
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por coca,
#Mundo, Por macmi,