Toshihiro Nagoshi e Daisuke Sato, diretor e produtor de Yakuza, deixam a SEGA

Toshihiro Nagoshi e Daisuke Sato, diretor e produtor de Yakuza, deixam a SEGA

Sequência de Yakuza: Like a Dragon já está em produção, com Ichiban Kasuga como protagonista.
#Games Publicado por Vinicius, em

Mês passado o site Bloomberg havia mencionado a possível saída de Toshihiro Nagoshi, diretor da franquia Yakuza, da SEGA. Para a tristeza dos fãs, o desenvolvedor confirmou hoje que está deixando o estúdio.

Em um comunicado postado pelo próprio Toshihiro Nagoshi, ele confirma que está deixando seu cargo como chefe do Ryu Ga Gotoku Studio, mas agradece aos fãs pelo apoio durante todos esses anos.

Conforme me despeço da SEGA, também estou deixando minha posição como chefe do Ryu Ga Gotoku Studio. Obrigado aos fãs que apoiaram a nós e à série Yakuza por tantos anos. Vocês tem minha gratidão.

Eu persisti e estou aqui agora graças ao que aprendi de tantas pessoas ao meu redor. Crédito aos meus colegas que me apoiaram para que eu pudesse aprimorar minha mente para continuar a quebrar barreiras.

No entanto, Toshihiro Nagoshi não será o único nome a deixar o estúdio. Foi anunciado que Daisuke Sato, produtor da série, também não fará mais parte do Ryu Ga Gotoku Studio.

Masayoshi Yokoyama é quem assumirá o cargo de chefe do estúdio. Yokoyama já atuou como diretor antes em Yakuza 5, além de ter escrito a maioria dos roteiros da série principal.

Em sua mensagem como novo chefe do estúdio, Masayoshi Yokoyama também confirmou que já estão trabalhando em uma sequência de Yakuza: Like a Dragon, dando continuidade à história de Ichiban Kasuga.

Os predecessores de Ryu Ga Gotoku transmitiram suas crenças e conhecimento a cada membro da equipe. Você pode testemunhar isso no recém-lançado Lost judgment e e também verá na próxima de Yakuza: Like a Dragon, que continuará a história de Ichiban Kasuga. Este jogo está sendo desenvolvido pelo produtor Sakamoto e pelos diretores Horii, Ito e Mitake. Eu, Takeuchi e Furuta estamos trabalhando na história.

Quer demore seis meses ou um ano, espero mostrar a vocês um novo título da Ryu Ga Gotoku feito por um novo Ryu Ga Gotoku Studio que é diferente, mas ainda o mesmo, e algo que irá despertar a sensação de "isso é o que estávamos esperando” dentro de vocês. Eu gostaria de continuar minha vida como criador de videogame com seriedade.

De acordo com o Bloomberg, Toshihiro Nagoshi estaria deixando a SEGA para se juntar à gigante chinesa NetEase.

Vinicius
Vinicius #VSDias55
Equipe do Site, Florianópolis
Publicações em Destaque