Ubisoft Singapore, estúdio de Skull & Bones, vai ser investigado após denúncias de abuso e assédio sexual

Ubisoft Singapore, estúdio de Skull & Bones, vai ser investigado após denúncias de abuso e assédio sexual

Fundada em 2008, a Ubisoft Singapore é alvo de polêmica há pelo menos 4 anos
#Games Publicado por Billy Butcher, em

Os polêmicos desenvolvedores da Ubisoft Singapore estão sob investigação judicil, depois que um relatório publicado no mês passado revelou alegações de assédio sexual, abusos, discriminação salarial e intimidação no estúdio.

Como noticiamos há algumas semanas atrás, o Kotaku publicou um extenso dossiê na qual alega que o estúdio da Ubisoft em Singapura fez uma série de coisas diferentes. O site conversou com mais de 20 funcionários atuais e ex-funcionários do estúdio, que alegaram que os que trabalham lá estão sujeitos a disparidade salarial racial e bullying por parte dos administradores, entre outras coisas.

Alegadamente, o estúdio é conhecido por todos dentro dos mais de 51 estúdios da Ubisoft como o pior para se trabalhar devido a sua cultura tóxica e péssima administração.

A Ubisoft Singapore está agora sendo investigada pelo órgão nacional de fiscalização de empregos justos do país, relatou o The Straits Times. A Aliança Tripartite de Singapura para 'Práticas de Trabalho Justas e Progressivas' examinará as alegações de pagamento injusto e assédio sexual, com várias punições à sua disposição caso alguma ou todas as alegações sejam verdadeiras.

IMAGEaHR0cHM6Ly91cGxvYWQud2lraW1lZGlhLm9yZy93aWtpcGVkaWEvY29tbW9ucy9jL2M5L1NvbGFyaXNfJTQwX09uZS1Ob3J0aC5KUEc=

Ubisoft Solaris Campus, local onde habita a Ubisoft Singapore, a maior sede de todos os estúdios da Ubisoft. O prédio foi construído em 2006, com apoio do Governo da Singapura.

Apesar da força por trás da abertura de um estúdio em Singapura ser o de contratar pessoas locais e permitir que elas subam na hierarquia, a Ubisoft Singapore é acusada de manter essas posições mais altas para gerentes de outros estúdios. Nenhum habitante local de Cingapura se quer tem o direito de ter um cargo elevado, seja na produção de um jogo ou na administração do estúdio, com tais tarefas ficando no controle de Franceses.

O relatório trazido pelo Kotaku inclui até mesmo afirmações de que o estúdio é efetivamente referido como algum tipo de ''destino de férias infernal'', uma parte exótica do mundo onde funcionários da Ubisoft podem ir trabalhar por 1 ou 2 anos, até sair de lá completamente traumatizados.

Se o TAFEP descobrir que a Ubisoft está violando as leis trabalhistas do país, o estúdio pode ser proibido de criar ou renovar passes de trabalho para seus funcionários estrangeiros por até dois anos. As consequências se as alegações de bullying e gestão de substâncias tóxicas forem consideradas verdadeiras são, compreensivelmente, muito mais graves.

O Stratis Times relata que, se for considerado culpado, os responsáveis ​​podem ser multados, presos ou até mesmo castigados. Como consequência disso, a Ubisoft pode sofrer de uma perda acima de 300 milhões na construção do estúdio (fora os mais de 140 milhões gastos no projeto do estúdio, Skull & Bones), e claro, isso levaria ao fechamento e dissolvência completa da Ubisoft Singapore.

Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.