Kojima Productions diz que os jogadores começaram olhar Death Stranding de uma forma diferente após o Covid-19

Kojima Productions diz que os jogadores começaram olhar Death Stranding de uma forma diferente após o Covid-19

O jogo mostra um pouco do que estamos passando atualmente com a pandemia.
#Games Publicado por coca, em

Hoje mais cedo foi revelado que Death Stranding já vendeu 5 milhões de cópias em todo o mundo no PC e PlayStation 4 e na mesma informação foi revelado algo bem interessante sobre o jogo e a pandemia do Covid-19 que estamos enfrentando.

Jay Boor, chefe de publicação da Kojima Productions revelou quando o jogo lançou era uma coisa, mas após começar a pandemia do Covid-19, a maneira que os jogadores e os desenvolvedores começaram olhar Death Stranding foi em uma forma diferente. Pois Death Stranding foi lançado um pouco antes da pandemia começar, e no jogo, seu tema até lembra um pouco que estamos passando agora na vida real, onde as pessoas devem ficar isoladas em suas casas, para evitarem o vírus.

Jay Boor diz:

"O personagem principal de Death Stranding, Sam Bridges, não é um herói, ele apenas faz entregas, não se importa em fazer conexões e sofre de uma doença chamada Aphenphosmphobia, que é o medo de ser tocado, ou tocar outro ser humano. Conforme você joga, as coisas se desenrolam e você começa a perceber o verdadeiro potencial de Sam e como ele supera isso.

"Estamos todos passando por uma jornada semelhante em algum grau por causa do clima em que vivemos no momento. Além da compreensão, ou lembrete, de como as entregas de pacotes são essenciais para a sociedade, mais do mundo é também ter que lidar com a superação do medo de tocar outras pessoas e da sensação de isolamento."

"Os jogadores sentiram essa conexão com Sam, um personagem que ironicamente não se preocupa com conexões, e todos nós poderíamos nos relacionar em algum nível com o que ele estava passando. Falar com os jogadores através das redes sociais e compartilhar essas experiências continua a ser muito, embora ainda sejamos incapazes de hospedar eventos físicos, que normalmente é o momento em que você encontra outros jogadores cara a cara, ainda podemos estabelecer e manter conexões profundas e, em sua essência, é isso que o Death Stranding trata."

E você concorda com as palavras de Jay Boor sobre a pandemia e de como isso foi mostrado em Death Stranding sobre não ser tocado e ficar em isolamento?

M3VYbVFLMURqLW8=

Death Stranding já está disponível para PC e PS4. A versão Director’s Cut será lançada no dia 24 de Setembro para PS5.

coca
coca

Me segue lá no Twitter.

Equipe do Site, Narnia do oeste ao lado sul do norte meio oeste
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque
#Games, Por ricklek550,
#Games, Por taffarelkupkovski,
#Games, Por Frocharocha,