Discussão Aberta #9 | RPGs com combate em turno seriam algo do passado?

Discussão Aberta #9 | RPGs com combate em turno seriam algo do passado?

Seria essa uma mecânica datada?
#Artigos Publicado por Vinicius, em

RPGs com combate em turno já foram os grandes destaques do mundo dos jogos, mas isso parece estar cada vez se tornando uma memória mais distante, com cada vez mais jogos abandonando esse estilo.

No passado tínhamos grandes nomes como Final Fantasy, mas atualmente cada vez fica mais difícil ver jogos com combates em turno, principalmente em jogos grandes, sendo algo mais usado por títulos menores e indies. A própria série Final Fantasy abandonou completamente o sistema de turno, preferindo um combate mais voltado à ação.

Muitos jogadores afirmam que isso se deve ao fato dos combates em turnos serem algo "ultrapassado", uma mecânica do passado devido às limitações do hardware que não existe mais motivos para continuar existindo.

Seria isso verdade?

Embora não seja tão comum quanto no passado, ainda existem jogos famosos que utilizam combates em turno. A série Persona mantém até hoje seu combate, com Persona 5 sendo o título de maior sucesso da franquia. Dragon Quest e Pokémon também são jogos que ainda fazem muito sucesso nos dias atuais, sem precisar mudar seu combate. O próprio remake de Final Fantasy VII tentou mesclar os dois modos para agradar a ambos os públicos.

Talvez o maior problema para os jogos com combate em turno, seja o fato de que eles tenham em grande parte parado de evoluir suas mecânicas, mantendo o mesmo padrão visto desde gerações atrás.

IMAGEaHR0cHM6Ly93d3cuanVzdHB1c2hzdGFydC5jb20vd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTQvMDMvZmZ4X292ZXJkcml2ZV9UaWR1czEuanBn

Persona 5 conseguiu manter o combate em turno interessante ao adicionar diversas mecânicas que tornam tudo mais dinâmico e rápido, conseguindo agradar até mesmo aqueles que nunca foram fãs do gênero.

Os combates em turno nos RPG têm muito espaço ainda para ser explorado, aprimorando cada vez mais o gênero. Ao invés de ser algo ultrapassado, que precisa ser substituído, ele na verdade um complemento ao jogos de ação.

RPGs com combate em tempo real oferecem uma experiência diferente. Em grande parte dos casos, um combate em turno consegue entregar uma experiência mais estratégica que dificilmente seria aplicável em um jogo com combate de ação em tempo real.

Combates híbridos também sempre são uma boa opção. A Square Enix já realizou diversas vezes isso, como no já citado Final Fantasy VII Remake, e também no saudoso Final Fantasy XII, onde o combate acontecia em tempo real, mas contava com um sistema de turno por debaixo dos panos.

No final, acreditamos que é possível os dois estilos coexistirem. Combates em turno não precisam necessariamente serem substituídos por jogos em tempo real, são estilos diferentes, que muitas vezes entregam experiência similares, mas com propostas distintas.

E você, o que acha? Acredita que combates em turno é algo ultrapassado que não precisa mais existir?

Vinicius
Vinicius #VSDias55

Me segue lá no Twitter:

Twitter ViniSD

Equipe do Site, Florianópolis
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.