CD Projekt RED se defende de acusações dadas a empresa de que pagam mal e tratam seus funcionários de forma injusta

CD Projekt RED se defende de acusações dadas a empresa de que pagam mal e tratam seus funcionários de forma injusta

O Líder de QA da Polonesa entra em discussão criada por Jason Schreier da Bloomberg
#Games Publicado por Evil E., em .

Łukasz Babiel, líder de garantia de qualidade da CD Projekt RED, veio em apoio ao estúdio após o decepcionante lançamento de Cyberpunk 2077.

O RPG futurista da CD Projekt era muito esperado antes do lançamento, mas vários bugs e jogabilidade insatisfatória levaram a uma recepção muito negativa após o lançamento. Antes de Cyberpunk 2077, a Polonesa era conhecida como a desenvolvedora da série de jogos The Witcher, incluindo o conceituado The Witcher 3: Wild Hunt.

O fracasso no lançamento de Cyberpunk 2077 foi uma grande notícia na indústria de jogos, em grande parte devido à popularidade da CD Projekt RED entre os jogadores. O lançamento desastroso e a controvérsia resultante fizeram com que as ações da empresa caíssem em cerca de US$ 2 Bilhões, uma grande perda para a desenvolvedora e distribuidora da Polônia.

Não só isso, mas levou a CD Projekt S.A., controlodora e empresa-mãe da CD Projekt RED, a sofrer atualmente 5 processos judiciais feitos nos EUA em colaboração com acionistas da empresa, além dela estar sob vigilância da UKOiK, que penalizará a CDPR em 10% de todo o seu lucro fiscal do último ano caso o jogo não seja consertado.

Em resposta às críticas feitas a CD Projekt RED, o co-fundador Marcin Iwiński lançou recentemente um vídeo explicando exatamente o que deu errado com o desenvolvimento de Cyberpunk 2077. O enorme escopo do jogo, sua disponibilidade em consoles de última geração e a pandemia de COVID-19 e a quarentena resultante foram os principais fatores do lançamento problemático do jogo.

O líder de QA da CD Projekt RED, Łukasz Babiel, saiu em apoio a desenvolvedora no Twitter em resposta a algumas alegações infundadas sobre o ambiente de trabalho da empresa. Depois que o repórter de videogame Jason Schreier propôs que os testadores de controle de qualidade eram mal pagos e tratados injustamente, sugerindo que isso contribuiu para o lançamento conturbado do Cyberpunk 2077, Babiel contestou e contestou essas reivindicações.

Babiel explica que os analistas de controle de qualidade da CD Projekt RED ganham um salário justo e recebem diversos benefícios, e afirma que ninguém dentro da empresa colocou a culpa na equipe de garantia de qualidade. Ele termina a mensagem prometendo que serão lançados patches de jogo para melhorar o Cyberpunk 2077.

Enquanto a CD Projekt RED trabalha para consertar o Cyberpunk 2077, a desenvolvedora continua a receber pressão de várias fontes diferentes. Vários investidores da empresa entraram com ações judiciais coletivas, devido ao fraco desempenho do título, colocando em risco seus investimentos.

CD Projekt RED prometeu se defender vigorosamente contra tais ações judiciais, afirmando que não enganou os investidores ou violou as leis federais de forma alguma.

No entanto, a adesão da empresa à lei polonesa também foi aparentemente questionada pelo Escritório Polonês de Concorrência e Proteção ao Consumidor, uma agência responsável pela defesa dos direitos dos consumidores.

A agência estará monitorando como a CD Projekt S.A. trabalha para consertar o jogo por meio de patches e atualizações, garantindo que o jogo será melhorado a um nível aceitável.

Evil E.
Evil E. #Evil E.

Um grande fã dos gêneros de Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro