Como agora os Oculus Rift/Quest são integrados as contas do Facebook, isso está causando um tremendo caos
Publicado por Billy Butcher, em .
Os compradores do novo Oculus Quest 2 se viram incapazes de usar seus novos Headset's VR por causa de problemas com suas contas do Facebook.

O novo sistema é um sucessor do Oculus Quest anterior, que foi lançado no ano passado como um Heaset de Realidade Virtual "tudo em um", permitindo que os clientes experimentem a realidade virtual sem se conectar a um console de videogame ou PC pré-existente.

O Quest 2 oferece atualizações substanciais em relação ao seu antecessor, incluindo melhor espaço de armazenamento, poder de processamento e RAM.

A Oculus costuma ser considerada a pioneira no espaço de VR com o lançamento do Headset Rift em 2016. Tem sido uma das marcas de VR mais proeminentes desde então, mas também viu mais do que seu quinhão de polêmica.

Em 2014, antes mesmo de lançar seu primeiro Headset, a empresa foi comprada pelo Facebook. Os temores dos fãs de VR sobre esta aquisição corporativa só foram exacerbados em agosto deste ano, quando Oculus anunciou que a partir de outubro, os usuários seriam obrigados a usar uma conta do Facebook para entrar em seus novos Headset's. Este anúncio enfureceu muitos jogadores.

E agora parece que seus piores medos estão se concretizando. A UploadVR relata que vários usuários que compraram o novo Oculus Quest 2 foram bloqueados graças ao Facebook. O usuário do Reddit, weavster, descreve a criação de uma nova conta no Facebook e a fusão de sua conta Oculus pré-existente com ela para experimentar o Quest 2.

10 minutos após a criação da conta, eles foram banidos. O Facebook solicitou a identificação com foto de sua carteira de motorista, que foi fornecida, mas desde então, o Facebook disse a eles que sua conta foi desativada e:

"Já revisamos essa decisão e não pode ser revertida."

Weavster reclama que isso os deixou com, essencialmente, um peso de papel muito caro, uma reclamação que foi repetida por muitos outros na internet.

Em contradição direta com o que vários clientes disseram na Internet, um porta-voz do Facebook garantiu à UploadVR que os clientes não estavam perdendo o acesso a conteúdo pago em seus fones de ouvido.

Eles também garantiram ao UploadVR que estão trabalhando para resolver esses problemas de login, apesar das alegações de seu próprio site de que eles não podem ser revertidos.

Dizer que o Facebook tem tido problemas de relações públicas recentemente é um eufemismo considerável. Foi uma das várias empresas questionadas pela Câmara dos Representantes dos Estados Unidos no início deste ano sobre o comportamento antitruste, e embora a gigante da tecnologia tenha sobrevivido às audiências, ela não consegue se livrar de sua concepção popular de uma megacorporação gananciosa e sem alma.

Um documentário recente da Netflix chamado The Social Dilemma pintou a empresa de uma maneira ainda pior e, embora o Facebook insista que foi mal representada no programa, ainda está reunindo muita imprensa negativa de todos os ângulos.

As dificuldades da conta do Facebook com o Oculus Quest 2 certamente não têm ajudado sua imagem. Quando a Oculus anunciou pela primeira vez que as contas do Facebook se tornariam obrigatórias, muitos temeram que isso levasse às técnicas de coleta de dados moralmente repreensíveis da empresa se infiltrando em seu espaço de jogo.

A total falta de funcionalidade é apenas indiscutivelmente pior. O Facebook pode estar comprometido em consertar esse fiasco, mas a maneira como a empresa está lidando com o Oculus Quest 2 estará para sempre em dúvida.
Evil E.
Billy Butcher #Evil E.
Um jogador casual que aprecia o gênero de Ficção-Científica, Ação-Aventura e Espionagem.

Minha franquia favorita é Metal Gear Solid, acompanho ela desde o primeiro jogo (MGS) de 1998, além de ser amante das sagas Halo e StarCraft.
Moderador do Site, 25 anos, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.