O crime não compensa
Publicado por Júnior Diniz, em .
Não podendo aproveitar as ondas na praia, há quem prefira as ondas de castigos. Exemplo disto é o departamento antifraude da Riot Games que baniu de forma permanente 3707 jogadores que usaram cheats no jogo.

Demonstrando a sua eficácia, semana após semana, o Vanguard prova mais uma vez ser uma ferramenta potente na luta contra os cheaters, com a Riot Games a reforçar a sua política de integridade competitiva.

Estes castigos são permanentes e não se limitam às contas dos jogadores, estendendo-se ao seu hardware. Na prática, isto significa que caso queiram voltar a jogar, precisam de comprar um computador novo e de criar uma nova conta, recomeçando do zero.

Os banidos não perderam muito tempo em reagir, com a conta de Twitter Anti-Cheat Police Departament a criar uma galeria com as “melhores” reações dos jogadores indignados. Alguns deles alegam ter gasto 500 dólares em Valorant arriscando ainda assim o uso de cheats.


A Riot Games tem um grande futuro planejado para o jogo, introduzindo 6 novos personagens por ano e a possibilidade de lançar o jogo nos consoles.
punkdevil
Júnior Diniz #punkdevil
Usuário do Site
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.