Kim Libreri sugere que isso poderia criar novas formas de entretenimento.
Publicado por carloseduardoxp, em .
Um dos objetivos manifestos do Unreal Engine 5 é permitir essencialmente que os desenvolvedores de jogos importem diretamente assets com qualidade de filme feitos de bilhões de polígonos sem exigir muito ajuste em termos de polígonos ou chamadas de budgets, nem será necessário mais tempo para manualmente criar LODs ou mapas normais. O sistema de microgeometria Nanite na fundação do Unreal Engine 5 promete dimensionar e transmitir tudo isso praticamente sem perda de qualidade.

Em uma entrevista em vídeo à Gamespot, o diretor técnico da Epic Games, Kim Libreri, expressou a crença de que jogos e filmes serão ainda mais entrelaçados graças à próxima geração de hardware e ferramentas como o Unreal Engine 5. Ele até sugere que isso poderia criar novas formas de entretenimento.

Por um bom tempo, as principais ferramentas que usamos para gerar assets para jogos e filmes são bastante semelhantes. Sempre houve esse estágio extra de criação de mapas normais e malhas (meshes) de baixa resolução [até o Unreal Engine 5]. Eu estive no ramo de filmes por um tempo decente fazendo filmes e, nos últimos 20 anos, Hollywood foi pioneira em computação gráfica e na busca do realismo. Havia muito a ser aprendido com essas técnicas. Ao abordarmos o pico do realismo fotográfico para entretenimento interativo dentro dos jogos, conseguimos avançar com o apoio do setor, e não de uma maneira que fosse uma distração. Quase tudo o que fizemos para permitir que Hollywood produza pixels melhores também está sendo usado pelos desenvolvedores de jogos - melhores sistemas de blend shape para rostos, melhores sombras para os olhos, cabelos melhores, estamos vendo todos os desenvolvedores criando jogos que exigem personagens digitais para usar essas coisas. O que definitivamente está fazendo é o simples fato de que, "ei, o mecanismo produz pixels mais bonitos fora da caixa". Mas o mais legal é que agora estamos vendo um cruzamento da maneira como as pessoas pensam nos dois setores. Acho que você vê ótimos jogos de contar histórias (storytelling) construídos no Unreal Engine e em outras engines que definitivamente usam truques de Hollywood para enxergar e enquadrar as coisas e ajudar o público ou os jogadores a entender melhor a história que estão tentando contar.

A tecnologia de animação facial é praticamente a mesma nas duas indústrias. Se você for jogar Red Dead Redemption, ou Horizon Zero Dawn, eles têm uma ótima animação facial. Pode não ser a mesma fidelidade nesta geração, mas será na próxima geração. As duas indústrias estão se ajudando. Mas há esse efeito colateral legal de trabalhar no Mandalorian, onde Jon Favreau é capaz de usar uma engine em tempo real para produzir os pixels par seu objetivo final. Faça-o começar a pensar em 'Oh, bem, se fizermos uma briga de cães aqui, devo fazer uma briga de cachorros de jogabilidade, devo fazer alguns veículos para pilotar, devo fazer um sistema climático?' Acho que eventualmente o que vai acontecer é que os IPs não serão mais como 'Oh, foi um filme que foi convertido em jogo' ou 'Foi um jogo que se tornou um filme'.

Eu acho que haverá esse "continuum" entre os dois mundos. E eu acho que os artistas vão fazer "crossover" (trabalhar em ambos os meios). Acho que veremos quando se trata de criadores de conteúdo para criar assets de computação gráfica, seja fabricando um carro, fabricando uma cadeira ou qualquer outra coisa, eles serão os mesmos para os dois setores. Veremos polinização cruzada maciça entre esses dois mundos. Isso significa que jogos e filmes serão melhores? Sim, mas acho que veremos novos tipos de entretenimento. Veja como estamos embarançando as linhas do Fortnite, temos shows acontecendo onde milhões de pessoas tomam lugar. E acho que o entretenimento vai sofrer essa mutação impressionante nos próximos cinco anos que realmente "blurs" a linha.

Não tenho idéia do que a Warner Bros planeja fazer com isso, mas imagine que eles estão criando um novo jogo do Batman para os consoles da próxima geração. Sabemos que isso será incrível, será parecido com um filme de animação high-end com ação de videogame. Bem, não seria ótimo para os fãs irem mais fundo e verem histórias animadas naquele mundo usando os mesmos recursos e os mesmos personagens? Não seria ótimo que as coisas fossem renderizadas ao vivo no seu PlayStation 5 ou Xbox Series X, compartilháveis ​​e modificáveis ​​e o céu seja o limite? Acho que veremos desenvolvimentos realmente loucos nos próximos cinco anos.

Como mencionado por Libreri, Jon Favreau usou o Unreal Engine 4 por sua série Mandalorian de grande sucesso, embora não seja o primeiro caso desse tipo na indústria cinematográfica. Ainda não sabemos se o Unreal Engine 5 atualizado será capaz de criar um híbrido de filme e jogo. Certamente estaremos olhando com grande interesse.
carloseduardoxp
carloseduardoxp
Usuário do Site
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.