Com salto gráfico cada vez menor, remakes perderão o charme!
Publicado por Vinicius, em .
Entre Resident Evil, Final Fantasy e Shadow of the Colossus, os remakes andam em alta ultimamente. No entanto, parece que isso continuará na próxima geração, com o mais recente anunciado Demon’s Souls.

Sem dúvidas é uma grande alegria para um fã ver seu jogo favorito refeito do zero para os dias atuais, mas talvez essa alegria não dure muito, ao menos para o analista Carter Rogers.

Carter, analista da SuperData, diz que o ciclo terá um limite e as editoras não deveriam confiar nesse formato como uma tendência que irá durar para sempre.

Para o analista, os remakes estão em alta devido ao grande salto gráfico que temos em comparação aos antigos consoles. No entanto, para Carter, a evolução gráfica será cada vez menor, não apresentando um atrativo gráfico de ver o jogo em novas plataformas.

No futuro, pode ser difícil para os remakes elevar o nível muito mais (…) Chegamos a um ponto em que as melhorias estão diminuindo. Se os jogos atuais para o PlayStation 4 forem recriados para o PlayStation 7, as mudanças [gráficas] provavelmente não serão tão significativas quanto eram nos jogos de PlayStation 1 que eles refizeram para o PlayStation 4. Dito isto, os remakes dos jogos de hoje podem não ser tão atraentes para o público futuro.

No entanto, com a queda dos remakes, outro modelo de negócios pode entrar em ascensão. Carter acredita que o modelo adotado por WoW Classic, de reviver um jogo multiplayer antigo, se tornará popular.

Mesmo que os remakes não sejam tão populares a longo prazo como são agora, os jogos online provam que sempre há uma forma de apelar à nostalgia. Alguém gostaria de uma partida de Fortnite: Classic em 2030?
VSDias55
Vinicius #VSDias55
Jogando
Quantum Break / Ghost of Tsushima
Parceiro do Site, 27 anos, Florianópolis
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.