Publicado por luis09andrade, em .
Há anos em que o termo Terrorista e Contra-terrorista está no jogo da Valve. Sempre houve polêmicas em volta desses nomes, vários países não aceitam campeonatos eSports por conta disso.

Desde 2010, a troca de nome está em discussão para ser mudado para Offense e Defense. No caso do Brasil, aqui seria alternado para Ataque e Defesa. As empresas de torneios serão pressionadas a mudarem por causa dos patrocinadores.

O vice-presidente da Pro Gaming ESL, Michal Blicharz, tinha levantado essa questão nesse domingo (29) por meio de uma votação. O resultado foi para permanecer os termos:


Clique para ver a imagem em tamanho original


Até mesmo escolas não permitem torneios por essa causa

O colégio Thomas College, nos Estados Unidos, evitou o CS: GO em seu programa de eSports alegando que o jogo é sobre "bombardeio, terrorismo e violência armada".
luis09andrade
Luis09andrade
Colaborador do site, Parchal, Faro, Portugal
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Gosta do site e quer ajudar a o manter online? Apoie-nos!.
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.