.

Patinetes elétricos não são tão ecologicamente corretos como se pensava

Enviado por Alucard_hel, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original

Mesmo não emitindo dióxido de carbono (CO2) como os veículos motorizados tradicionais, um novo estudo científico alerta que patinetes elétricos não são tão ecologicamente corretos como parecem.

Fazer trajetos com patinetes elétricos emite mais gases do efeito estufa (GEE) por milha percorrida do que viagens de ônibus, bicicleta, ciclomotor ou a pé.

A descoberta dos pesquisadores da Universidade Estadual da Carolina do Norte explica que, mesmo que o funcionamento do veículo em si não cause grandes impactos no meio ambiente, o processo de fabricação de sua estrutura, rodas e bateria - assim como a logística das empresas para buscá-los nas ruas e carregá-los -, é responsável por grande emissão desses gases.

O autor do artigo, Joe Hollingsworth, chamou atenção para o fato de que o vandalismo contra esses veículos agrava ainda mais a situação. Em 2018, apenas nos Estados Unidos, foram feitas cerca de 38,5 milhões de viagens com patinetes elétricos compartilhados.
Alucard_hel
Enviado por Alucard_hel
Membro desde
label