.

Kinect se torna câmera de vigilância em aeroporto

Enviado por Catos, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original


Lançado originalmente em 2010, o Kinect do Xbox seria uma proposta revolucionária em torno do aumento de realidade dos jogos. No entanto, com o passar do tempo, o pequeno dispositivo foi cada vez menos utilizado. Consequentemente, chegamos em 2017, quando a Microsoft enfim anunciou que descontinuaria a produção do acessório.

Contudo, isso não significa que o Kinect tenha essencialmente perdido seu uso. Muito pelo contrário.

Levando em conta a criatividade dos funcionários do aeroporto de Newark, foi descoberta uma nova forma de utilizar o Kinect.

De acordo com uma publicação no Twitter, o aeroporto mantém o dispositivo como parte da rede de segurança. Com isso, provavelmente a central do local consegue captar até mesmo os movimentos dos passageiros. Confira:



A imagem partilhada mostra um jeito criativo de usar o dispositivo. Onde antes tínhamos sinônimo de evolução da indústria, hoje temos até mesmo uma forma de nos manter seguros. Claramente a Microsoft investiu em um dispositivo duradouro – mesmo que cumpra funções originalmente não programadas.

A queda e ascensão do Kinect


Durante a geração do X360 o Kinect foi um dispositivo muito desejado. Além de contar com alguns títulos promissores – como Rise of the Nightmares, por exemplo – suas funcionalidades estendiam a vida útil do console. Sendo assim, não tardou até que o dispositivo popularizasse e fosse comercializado no mundo todo.

Contudo, o passar dos anos não foi benéfico para a proposta. Facilmente o conteúdo exclusivo do Kinect caiu em esquecimento, e a promessa de grandes jogos e experiências únicas caíram por terra. Logo, após alguns anos com baixíssima performance comercial, a Microsoft optou por encerrar o desenvolvimento de sua proposta. Depois disso, o mundo pouco a pouco começou a se envolver com dispositivos VR, eliminando a possibilidade de retorno do Kinect no futuro.
Catos
Enviado por Catos
Membro desde
28 anos, Goiânia
label
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, e na nossa curadorida da Steam.