.

DLC de Monster Hunter World, Iceborne traz dificuldade em ambiente frio

Enviado por Catos, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original


Depois de conquistar um novo público com Monster Hunter World, a Capcom planeja sua expansão mais ambiciosa: Iceborne, que, de acordo com a produtora japonesa, trará uma quantidade de conteúdo equivalente a do próprio game original.

Embora apenas isso seja tentador para os caçadores como eu, que jogou bastante o game original na época de seu lançamento e deixou o título algum tempo depois, outro aspecto deve dar um desafio extra para caçadores veteranos: a dificuldade.

Iceborne se situa em uma nova área na qual o primeiro inimigo será o frio, que diminui com mais rapidez sua barra de stamina, caso você não consuma regularmente uma bebida quente.

Foi nesse ambiente hostil que testamos a nova expansão durante a E3 2019. Dois monstros foram nossos alvos na demo: o terópode Banbaro e o agressivo Tigrex.




Apesar das dificuldades, a expansão também traz novas habilidades ao arsenal de caçadores. Cada arma ganhou novos golpes - com a minha amada Insect Glaive, por exemplo, posso realizar um golpe no qual o personagem ataca com a lança do alto para o chão, causando uma quantidade maciça de dano.

Um dos motivos pelos quais eu mais gosto da Insect Glaive é o fato dela permitir uma mobilidade maior, cobrindo grandes distâncias com ataques no ar. Entretanto, essa opção ficou facilitada para os usuários de todas as outras armas graças a um novo equipamento: a Clutch Claw.

Com a Clutch Claw, você pode prender uma garra em uma das partes do monstro, aproximando-se dele com rapidez. A garra também permite que você monte com mais facilidade em um monstro, também criando novas chances de causar grande dano.

Com novos monstros, também vem novos sets de arma que devem se tornar a cobiça de novos caçadores - o set de Banbaro, por exemplo, é belíssimo.
Catos
Enviado por Catos
Membro desde
28 anos, Goiânia
label
1566049367