.

Diretor de Death Stranding tem "uma grande ideia relacionada ao streaming"

Enviado por Nightcrowley, , 0 comentários
Hideo Kojima quer deixar a sua marca na história do streaming de games.


Clique para ver a imagem em tamanho original

Com a ascensão do serviços de streaming na indústria de games, como o PS Now, xCloud e Google Stadia, de como ele irá impactar o setor como um todo esta mais pertinente do que nunca. Mas o que Hideo Kojima, uma das mentes mais brilhante nos jogos, acha do streaming, seu futuro e como isso pode mudar o setor?

Em entrevista ao site Nikkei (traduzido pela DualShockers) Kojima entrou em detalhes sobre isso, falando como o streaming pode liderar a ascensão de experiências alternativas interativas, o impacto que o 5G poderá ter na indústria, e as mudanças que o Google Stadia poderá causar, se for um sucesso.

"O Cloud Gaming teve um boom algo em torno de 4/5 anos atrás, mas não tinhamos nenhum fenômeno que o sustentasse," disse Kojima. "Muitos falam que isso vai acabar fracassando, mas acho que ele não funcionou [antes] porque a tecnologia não era avançada o suficiente. Agora que o 5G foi lançado, veremos uma grande mudança no cloud gaming dentro de cinco anos. O entretenimento como um todo irá mudar e permitirá mais liberdade."

"Jogos que nunca vimos antes irão surgir," disse Kojima quando perguntado sobre como ele acha que o Stadia irá impactar a indústria. "Isso é certo, considerando como a indústria do entretenimento evoluiu. A maioria dos filmes não tem mais do que duas horas, porque o público nos cinemas ficam com fome ou precisam usar o banheiro. Além do mais, isso significaria menos exibições diárias e as receitas dos cinemas cairiam. Quando surgiu as televisões, o entretenimento se adaptou para manter o público colado em suas telas, assim eles não mudavam de canal. Daí por que conceitos como os cliffhangers antes de intervalos comerciais serem inventados."

"Como o streaming continua a evoluir, jogos, filmes, documentários e qualquer tipo de conteúdo em vídeo estarão na mesma plataforma," adicionou ele. Serviços como a Netflix irão dividir o seu conteúdo entre "jogos interativos" e "filmes não interativos". Jogos e filmes são completamente oposto, separados por um limite. Mas este limite irá desaparecer. Ele já começou a desaparecer. Com o Black Mirror: Bandersnatch da Netflix, publicado no ano passado."

Claro que o Kojima quer deixar a sua própria marca no streaming. "Os jogos vão mudar drasticamente. E claro, os consoles high-end como os que são lançados hoje em dia irão desaparecer," disse ele. "Mas a tecnologia continuará a evoluir, e poderemos criar novos tipos de jogos com novos truques. Estou muito ocupado, mas também gostaria de deixar minha marca nesta parte da história."

"Começaremos a ver jogos completamente diferentes nos próximos cinco anos com a popularização do 5G," adicionou ele. "Há uma grande coisa que tenho em mente relacionada ao streaming. Não posso dizer mais nada, porque não quero estraga [a surpresa] (risos)."

O potencial do streaming evidentemente - é a questão, se a indústria e a infra-estrutura necessária estarão [disponíveis] ou não, e se está em lugar onde esse potencial pode ser alcançado. O Stadia terá um lançamento limitado no Reino Unido, Europa, EUA e Canadá no final deste ano, enquanto o xCloud terá betas públicas indo ao ar - então devemos ter uma ideia de que tipo de progresso está sendo feito, em pouco tempo.

Por enquanto, Kojima e sua equipe estão trabalhando em Death Stranding, o qual ainda não possuí uma data de lançamento. Recente, especulações indicaram que ele poderá ter uma lançamento cross-gen no PlayStation 5.
Nightcrowley
Enviado por Nightcrowley
Membro desde
25 anos
label