.

Encerramento de ligas de HotS foi "irresponsável", diz fundador da Team Liquid

Enviado por Catos, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original


Victor "Nazgul" Goossens, fundador da organização de eSports Team Liquid, classificou como "irresponsável" a decisão da Blizzard de encerrar a Heroes Global Championship e Heroes of the Dorm, ligas do MOBA Heroes of the Storm neste ano.

Em uma carta aberta divulgada nesta sábado (09), Goossens afirmou que "centenas" de jovens adultos dependiam das ligas e criticou o encerramento das modalidades sem aviso prévio.


"Desligar a tomada da noite para o dia é totalmente irresponsável. Deve haver compromissos de longo prazo das publishers com as ligas que eles administram e uma decisão sobre a interrupção deve ser feita com bastante antecedência", escreveu.


Além das críticas ao fim repentino do cenário competitivo, Goossens afirma que a própria Team Liquid chegou a repensar sua posição em Heroes of the Storm anteriormente por conta da falta de monetização da modalidade – que, para ele, se tornou apenas iniciativa de marketing para promoção do jogo.


"Em última análise, dentro da Blizzard, havia o compromisso de colocar o produto lá, mas pouquíssimos recursos foram gastos para estabelecer a monetização que, acredito, teria sustentado a liga por causa da base de fãs dedicada do jogo", escreveu.


A carta de Goossens foi publicada junto a um anúncio da Team Liquid do encerramento de sua equipe de Heroes of the Storm, originalmente criada em 2014.

A equipe de HotS da Liquid foi mantida por mais um mês após o anúncio da Blizzard de que descontinuaria o cenário competitivo do jogo, para que jogadores pudessem planejar seus próximos passos. Ivan "SportBilly" Koturić, Nils "Nurok" Gebhardt e Dennis "HasuObs" Schneider devem continuar na organização como streamers.
Catos
Enviado por Catos
Membro desde
28 anos, Goiânia
label