.

Deep Learning Super Sampling está a caminho do Battlefield V

Enviado por Nightcrowley, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original

Parece que o Deep Learning Super Sampling ou como muitos o chamam, DLLS, está a caminho do Battlefield V. Essa informação vem direto do slides da NVIDIA relacionados a sua próxima placa gráfica, as GeForce RTX2060, a qual o lado verde da força revelou alguns números de performance interessantes.

Primeiro de tudo. Os donos das RTX poderão habilitar tanto o RTX e DLSS ao mesmo tempo. Vários gamers tem se perguntando se tal coisa seria possível e de acordo com o lado verde, sim é possível. Se outros jogos que suportam efeitos de real-time ray tracing irão adicionar suporte ao DLSS, isso permanece um mistério.

Segundo a NVIDIA, as GeForce RTX 2060 poderá rodar BFV com uma média de 90fps com RTX desabilitado e uma média de 88fps com o RTX e DLSS ativado. Sem o DLSS - mas com o RTX ativado - a RTX2060 pode chegar até uma média de 65fps. O que também é interessante, ao contrário do Final Fantasy XV que só suporte DLSS em 4K, Battlefield V irá ter suporte ao DLSS em 1080p (presumindo que os efeitos da RTX estarão ativados?)

Se esses números forem legítimos e se o DLSS funcionar tão bem quanto em Final Fantasy XV, o real-time ray tracing será possível em múltiplas GPUs no BFV. Não apenas isso, mas esperamos que a RTX2080Ti forneça taxas de quadros reproduzíveis em vários jogos que usam RTX + DLSS em resoluções modernas como 1440p. Battlefield V usa real-time ray tracing em seus reflexos, então, em nossa opinião, a combinação de DLSS e RTX será crucial em outros jogos que usam raytracing para efeitos mais complexos, como Iluminação Global, Shadders e Ambient Occlusion. Em outras palavras, o DLSS + RTX poderia - teoricamente - fazer maravilhas em jogos como Shadow of the Tomb Raider e Metro Exodus.

Fiquem ligados!
Nightcrowley
Enviado por Nightcrowley
Membro desde
25 anos
label