.

Moto X4 começa a receber Android 9 Pie no Brasil

Enviado por Cristianogremista, , 594 visualizações, 0 comentários
Depois de lançar a atualização para o Android 9 Pie no Motorola One, é a vez dos donos de Moto X4 no Brasil serem contemplados. A Motorola começou a testar o update com alguns usuários no início de novembro e liberou o download da versão estável para mais pessoas nesta semana.


[img]hide:aHR0cHM6Ly91cGxvYWRkZWltYWdlbnMuY29tLmJyL2ltYWdlcy8wMDEvNzU0LzUzNy9mdWxsL21vdG94NC02LTcwMHgzOTQuanBn[/img]

A atualização para o Moto X4, na versão PPW29.69-26, traz o Android 9.0 Pie e as correções de segurança até 1º de novembro de 2018. Esta é a segunda grande atualização do smartphone, que foi lançado no Brasil em outubro de 2017 com o Android 7.1 Nougat de fábrica.

[img]hide:aHR0cHM6Ly90ZWNub2Jsb2cubmV0L3dwLWNvbnRlbnQvdXBsb2Fkcy8yMDE4LzExL21vdG8teDQtYW5kcm9pZC05LXBpZS5qcGc=[/img]
Como a Motorola quase não inclui novos recursos em relação ao Android original, as novidades do Android 9 Pie no Moto X4 são basicamente as mesmas do Google:
  1. Navegação Intuitiva: permite deslizar o botão Home para voltar à tela inicial, alternar entre apps e abrir a lista de aplicativos instalados;
  2. modo Não Perturbe melhorado: faz parte do Bem-estar digital, escondendo notificações para realmente não perturbar o usuário, e deixando a tela em escala de cinza à noite;
  3. maior duração de bateria: a Bateria Adaptativa prioriza a bateria para os apps que você mais usa, através de deep learning, e o Brilho Adaptativo aprende como você gosta de definir o nível de brilho;
  4. tela dividida reformulada: o menu de apps recentes mudou e agora exibe cards grandes, então para ativar o split screen é preciso tocar no ícone do app correspondente;
  5. controles de volume simplificados: os botões físicos vão sempre controlar o volume de mídia, e você terá um botão para alternar entre som ligado/modo silencioso em ligações;
  6. Configurações Rápidas reprojetado.

O Moto X4 chegou ao Brasil por R$ 1.699, com processador octa-core Snapdragon 630, 3 GB de RAM e bateria de 3.000 mAh. Na época, o aparelho foi elogiado pelo design protegido contra água e pelo desempenho consistente, mas criticado devido aos problemas nas câmeras e por deixar apenas metade dos 32 GB de armazenamento disponíveis para o usuário.
Cristianogremista
Enviado por Cristianogremista
Membro desde
25 anos, Santa Rosa-RS
label