.

Samsung promete grande capacidade e preço baixo com SSD QLC

Enviado por vss, , 1881 visualizações, 0 comentários
[img]hide:aHR0cHM6Ly93d3cubXV5Y29tcHV0ZXIuY29tL3dwLWNvbnRlbnQvdXBsb2Fkcy8yMDE4LzA4L1NhbXN1bmdRTEMtODQweDQ3OC5qcGc=[/img]

A Samsung anunciou a produção em massa de novos SSDs QLC que prometem um novo salto na capacidade de armazenamento, com unidades de 4 Tbytes à um preço que nós consumidores podemos pagar.

O anúncio da Samsung aconteceu na Flash Memory Summit , o maior evento anual sobre tecnologias de armazenamento flash que começou na Califórnia. Considerando que o SSD está se tornando o padrão de armazenamento global, espera-se que as notícias em drives de estado sólido sejam as mais relevantes.

O novo SSD QLC da Samsung é baseado em tecnologia celular de quatro camadas. Um avanço na densidade de armazenamento em comparação com TLC (triplo - level cell) que dominam o mercado hoje e tecnologias anteriores, como MLC e SLC (single level por célula) que estamos deixando de ver no mercado atual de consumo.


[img]hide:aHR0cHM6Ly93d3cubXV5Y29tcHV0ZXIuY29tL3dwLWNvbnRlbnQvdXBsb2Fkcy8yMDE3LzA3L1FMQy5wbmc=[/img]

A Samsung combina essa tecnologia com seus chips V-NAND de 4 bits de 1 terabit (32 deles no caso deste SSD específico). O resultado é um modelo com uma capacidade total de 4 Tbytes e - presumivelmente - um preço por GB que deve ser consideravelmente bastante inferior aos atuais TLC.

QLC SSD: maior capacidade, mas menor desempenho e resistência


A tendência para usar esses SSDs do QLC é imparável. Todos os principais fabricantes (Intel, Micron, Western Digital, Toshiba e Samsung) anunciaram produtos e a SK Hynix irá juntar-se a eles em breve.

O armazenamento de quatro bits por célula é um grande aumento na densidade e promete unidades de maior capacidade, menores custos de produção e com isso um preço mais barato para o cliente final.

[img]hide:aHR0cHM6Ly93d3cubXV5Y29tcHV0ZXIuY29tL3dwLWNvbnRlbnQvdXBsb2Fkcy8yMDE4LzA4L1NhbXN1bmdRTENfMi5qcGc=[/img]

Se até agora muitos usuários e fabricantes OEMs tiveram que optar por sistemas híbridos que combinam SSD enquanto mantêm os discos rígidos(HDs) , essas novas unidades, mais baratas, podem permitir a distribuição usando apenas armazenamento flash em PCs grandes.

Nem tudo são vantagens. O aumento de bits por célula tende a diminuir a velocidade, especialmente em scripts. A Samsung diz ter resolvido isso com uma tecnologia própria chamada TurboWrite, oferecendo velocidades de leitura/gravação de 540 e 520 Mbytes por segundo em SSDs de 4TB , o desempenho médio em unidades SATA. Já as unidades PCIe continuará a operar sob TLC e MLC.

A resistência das unidades - em teoria - também sofre. Embora fabricantes como a Toshiba tenham prometido igualar a resistência de memória TLC a 1.000 ciclos, os novos SSDs QLC da Samsung serão entregues com uma garantia de três anos, pouco perto do padrão 5 anos que eram apresentados. Isso mostra que esse aspecto ainda não foi superado.

Nenhum preço ou disponibilidade foram fornecidos. Vamos aguardar o lançamento deste produto que, em capacidade e custo por GB, será um salto importante no mercado de unidades de estado sólido.
vss
Enviado por vss
Membro desde
label