.

Chefe do PlayStation Japan fala sobre levar o PS4 para nível do PS2

Enviado por Anônimo, , 5283 visualizações, 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original

Atsushi Morita presidente da Sony Interactive Entertainment Japan e da Ásia, falou sobre a situação do negócio PlayStation no Japão em uma entrevista na revista local Weekly Famitsu.

Morita-san mencionou que o ano fiscal de 2016 (entre 1º de abril de 2016 e 31 de março de 2017) colocou a divisão de jogos da Sony em uma situação muito boa em todo o mundo, e o Japão e a Ásia não são uma exceção.

O primeiro passo da estratégia da Sony foi abordar o feedback que dizia que faltava jogos para o PS4. Morita-san sente que a questão foi resolvida no ano fiscal de 2016. Além disso, eles lançaram novos modelos, incluindo PS4 Pro, e tornaram o preço do PS4 acessível para que seja fácil de comprar.

Morita-san acrescentou que, no ano fiscal de 2016, o console tinha quase 50 jogos que venderam mais de 100 mil unidades no Japão, que é cerca de duas vezes o valor no ano fiscal anterior. Está finalmente se tornando uma situação em que o software está se vendendo bem, e de acordo com ele, este é o segundo passo no processo para levar o PS4 ao nível do PS2.

Aliás, ele também mencionou que a produção do PlayStation VR foi aumentada a partir de fevereiro, e isso deve resolver gradualmente a falta crônica de fones de ouvido que tem afetado um pouco o mercado japonês.

Se você quiser saber mais sobre a visão de Morita-san sobre o negócio japonês do PlayStation, ele espera que o Dragon Quest XI seja um vendedor de consoles para o PS4 e ele expressou sua satisfação pelo desempenho em todo o mundo de jogos japoneses como NieR: Automata, Persona 5 e NiOh.
label