.

YouTube agora exibe vídeos a 60 FPS no Android e iOS

Enviado por Cristianogremista, , 1209 visualizações, 0 comentários
No começo do ano, Google começou a liberar o streaming de vídeos com taxas de 48 quadros por segundo, enquanto testava a implementação de qualidades superiores. Posteriormente, a companhia também liberou o suporte a vídeos a 60 FPS, porém só era possível executá-los via navegadores com suporte a HTML5. Agora, a empresa acaba de liberar a novidade em seu aplicativo oficial do YouTube, tanto para Android quanto para iOS.

[img]hide:aHR0cDovL2kyLnR1ZG9jZG4ubmV0L2ltZy90eXBlMjgvd2lkdGg2NDYvaGVpZ2h0Mjg0L2lkMTMyOTEzLmpwZw==[/img]
Praticamente qualquer smartphone mais avançado do mercado consegue filmar a 60 quadrados por segundo na qualidade Full HD. Alguns conseguem ir além, mas só com resoluções mais baixas. Ao liberar essa taxa de atualização, o YouTube permite que vídeos com uma taxa de amostragem mais alta sejam exibidos de forma nativa, sem nenhum meio de interpolação que acaba comprometendo a experiência. Assim, será possível visualizar conteúdos mais suaves e definidos, especialmente importante para jogos intensos como FPS ou mesmo eventos esportivos.

Além disso, o YouTube do Android também ganhará novidades em breve, como uma melhor integração com o Google Now. Isso permitirá que você possa realizar buscas por vídeos, mudar para exibição em tela cheia, transferir o conteúdo para sua TV via Chromecast, pular para o próximo, pausar ou fechar o vídeo, tudo com comando de voz. Ainda não sabemos se o Google Now conseguirá lidar de forma eficiente com os comandos dados pelo usuário, mas será interessante ver uma maior integração entre os serviços da empresa.

[img]hide:aHR0cDovL2kyLnR1ZG9jZG4ubmV0L2ltZy93aWR0aDY2MC9oZWlnaHQzNzEvaWQxMzI5MTQuanBn[/img]
Google também pretende estrear um novo recurso voltado para conexões lentas, ao permitir que seja possível fazer streaming ao vivo de conteúdos em tempo real, como um noticiário. Assim, se sua internet não conseguir lidar em rodar o vídeo sem interrupção, serão exibidos alguns quadros da filmagem enquanto o áudio continua rolando. Isso pode ser último não só para acompanhar notícias em tempo real, mas também outros tipos de conteúdos em que o áudio é mais importante do vídeo em si.

Por fim, Google também estuda um modo de melhorar o sistema de notificações do YouTube. Quando um novo conteúdo é adicionado a um canal que você está inscrito, o aplicativo envia uma notificação para você. Infelizmente, nem sempre funciona como deveria, onde muitas vezes você é notificado apenas dias depois que o conteúdo foi postado. Google estuda uma forma de corrigir isso, mas sem sobrecarregar a sua tela de notificações, caso você esteja inscrito em vários canais diferentes.
Cristianogremista
Enviado por Cristianogremista
Membro desde
25 anos, Santa Rosa-RS
label