.

Lizard Squad ataca H1Z1 e outros jogos da Daybreak

Enviado por Anônimo, , 1689 visualizações, 0 comentários
[img]hide:aHR0cDovL2ltYWdlLmpldXh2aWRlby5jb20vbWVkaWFzLW1kLzE0MzY0NS8xNDM2NDUwNTM0LTczNjEtY2FyZC5wbmc=[/img]
O grupo de hackers Lizard Squad conseguiu através de ataques DDoS deixar indisponíveis vários jogos da Daybreak Studios, incluindo H1Z1 e PlanetSide 2, de acordo com os relatos dos utilizadores.

O ataque foi uma resposta ao comentário que John Smedley, o CEO da companhia, publicou no Reddit relativamente à condenação de dois de prisão com pena suspensa a um dos membros do Lizard Squad. Este membro foi, segundo Smedley, responsável por atrasar um dos seus vôos com a ameaça de uma bomba.

"Foi ele que obrigou o meu voo a aterrar com a ameaça de uma bomba. Ouvi a gravação inteira em que ele convenceu um funcionário da companhia aérea de que havia um bomba. Em conjunto com outros, também me enviou fotografias da sepultura do meu pai com coisas nojentas. O meu histórico de crédito foi publicado na Internet, incluindo o meu número de segurança social e informações da minha família. Múltiplas contas de redes sociais foram invadidas e foram feitas chamadas para membros da minha família," desabafou Smedley.

"Também fui alvo de swatting (múltiplas vezes) e de 50 aplicações falsas de crédito com o meu nome, e tive que lidar com as ramificações do que acontece ao teu crédito quando estas coisas acontecem. Não é bom. E ainda por cima, submeteram retorno de impostos falsos."

"Sem rodeios, quero esta raça na cadeia por muito tempo. Não devias poder fazer coisas destas sem qualquer ponta de consequência. Vou fazer tudo ao meu alcance para que ele tenha o que mereça em tribunal, de uma forma ou outra. Ele foi condenado por 50.000 incidentes separados de hacking e outras coisas. Isto não está relacionado com o aterrar do avião, os ataques DDoS, ou as coisas que me fez (não só a mim, ele fez estas coisas a outras pessoas). Esses casos ainda estão pendentes."
label