.

Diretor de Halo 5 fala sobre os problemas de performance do jogo

Enviado por Anônimo, , 2838 visualizações, 0 comentários
[img]hide:aHR0cDovL295c3Rlci5pZ25pbWdzLmNvbS93b3JkcHJlc3Mvc3RnLmlnbi5jb20vMjAxNS8wNC9IYWxvNV9LZXlBcnRfSG9yaXpfRmluYWwuanBn[/img]
Apesar de desenvolvedores confirmarem que Halo 5: Guardians rodará a 60FPS, várias pessoas se perguntaram o que estava acontecendo na demo da E3.

Esta semana o Digital Foundry investigou o trabalho que a 343 Industries fez na demo de Halo 5, que foi apresentada na E3 2015 e destacou alguns problemas de performance que deixaram os fãs intrigados.

Frank O' Connor, diretor de desenvolvimento do jogo, comentou o artigo que falava de problemas na performance em cenas de ação. O Digital Foundry disse que somente nos momentos mais calmos é que a versão da E3 conseguia alcançar um número de quadros estável. O' Connor [url=hide:aHR0cDovL3d3dy5uZW9nYWYuY29tL2ZvcnVtL3Nob3dwb3N0LnBocD9wPTE2NzEyMjg0MCZwb3N0Y291bnQ9NTMx]disse[/url] que o número de quadros é o mais importante e que toda a simulação no jogo depende disso.

Depois da perda do modo de tela divida, os fãs ficaram preocupados que a desculpa de chegar aos 60fps fosse não ser tão válida quanto o estúdio gostaria. Algo que fez com que questionassem o diretor do jogo.

"O jogo sai no dia 27 de Outubro, decida por SI MESMO se gosta do que tem", disse O'Connor a um fã que perguntou se o número de quadros por segundo seria corrigido ou se o jogo podia ser adiado para otimização.

O tom irritado do membro da 343i continuou quando respondeu que "uma demo da E3 não é um jogo pronto". Perante a insistência dos fãs que o modo de tela dividido foi descartado para chegar aos 60fps mas ainda assim o jogo vai para os 42FPS em alguns momentos, O'Connor explicou que o que vimos na E3 ainda está em desenvolvimento.
label