.

Experimento quântico comprova que realidade não existe a menos que seja medível

Enviado por Frocharocha, , 2709 visualizações, 0 comentários
[img]hide:aHR0cDovL2NvbnNjaW91c2xpZmVuZXdzLmNvbS93cC1jb250ZW50L3VwbG9hZHMvMjAxMy8wNy9yZWFsaXR5LWlsbHVzaW9uLmpwZw==[/img]
Os cientistas australianos realizaram com êxito um famoso experimento para provar uma previsão da física quântica que a realidade não existe até que ela seja medida, como tempo ou peso, por exemplo.

Físicos da Universidade Nacional da Austrália (ANU) realizaram o Experimento da Escolha Retardada do Pensamento de John Wheeler, que envolve um objeto em movimento que é dada a opção de agir como uma partícula ou uma onda.

O experimento de Wheeler então pergunta - em que ponto o objeto decide?

O senso comum diz que o objeto é como uma onda ou partícula semelhante, independente de como podemos medi-la. Mas a física quântica prevê que se você observar a onda como o comportamento (interferência) ou como o comportamento de partículas (sem interferência), tudo depende apenas de como ele é realmente medido no final de sua jornada.

Isto é o que a equipe ANU encontrou em sua experiência.

"Isso prova que a medição é tudo. No nível quântico, a realidade não existe, se você não está olhando para ela", disse o professor adjunto Andrew Truscott da Escola de Física e Engenharia ANU.

Os resultados confirmam a validade da teoria quântica, que tudo que governa o mundo vem do muito pequeno, e permitiu o desenvolvimento de muitas tecnologias, como LEDs, lasers e chips de computador, os investigadores disseram.
A equipe ANU conseguiu construir o experimento, que parecia quase impossível, quando foi proposto em 1978, e reverter o conceito original de Wheeler de feixes de luz que era devolvido por espelhos, e em vez disso, utilizaram átomos espalhados pela luz laser.
Frocharocha
Enviado por Frocharocha
Membro desde
37 anos, São Paulo
label