.

Google apresenta o Expeditions, que levará o Cardboard para as salas de aula

Enviado por fullmetalchemistry, , 387 visualizações, 0 comentários
[img]hide:aHR0cHM6Ly9hbmRyb3RyZW5kcy5jb20vd3AtY29udGVudC91cGxvYWRzLzIwMTUvMDQvdktIaFVaVl8xM3N1VXFndVZwMi1ZaVMyeXoycTViUS1tTFdkNVQ4NVlqY1JGX1dOTXVadm5mTmwxMWhqY0ttQXdfVXczMDAtMTAyNHgxMDI0LnBuZw==[/img]
O Cardboard foi um dos assuntos que a Google apresentou durante a conferência Google I/O, e entre as principais novidades anunciadas está um novo design para suporte a mais smartphones, inclusive os de seis polegadas e iPhones; uma nova plataforma de criação de conteúdos para vídeos em 3D; e alguns dados curiosos, como a quantidade de 1 milhão de entregas do aparato de papelão para usuários ao redor do mundo.

[img]hide:aHR0cDovL2kyLnR1ZG9jZG4ubmV0L2ltZy90eXBlMjgvd2lkdGg2NDYvaGVpZ2h0Mjg0L2lkMTI4NDMyLmpwZw==[/img]
Não há dúvidas de que a Google quer expandir o uso do Cardboard, mas ao contrário do que alguns imaginaram, a companhia não vai transformá-lo em outro produto, como fez no início do ano em parceria com a Mattel, ao revitalizar o clássico 3D View Master, com base no mesmo princípio do óculos de papelão. Ao contrário, a gigante de Mountain View quer aproveitar a acessibilidade que o Cardboard oferece para levá-los a outros públicos. Por exemplo, as salas de aula.

No palco da apresentação, foi exibida uma demonstração de imagens do Expeditions em ação. Trata-se de uma nova implementação que permitirá aos professores disponibilizar conteúdo 3D aos seus alunos e levá-los virtualmente para qualquer lugar do mundo, em uma experiência educacional. Através dele, os alunos e professores podem visualizar o mesmo conteúdo na sala de aula, para uma experiência mais rica, como mostra o vídeo abaixo, que demonstra a reação de entusiasmo das crianças ao visitarem virtualmente lugares como a Grande Muralha da China.

Os professores poderão se cadastrar para o novo programa online, e o Planetary Society, assim como o Chateau de Versailles, e o American Museum of Natural History já estão confirmados para terem sua presença na nova plataforma, que será lançado ainda este ano.

Com o projeto, espera-se que os alunos tenham mais facilidade em receber, compreender e memorizar informações, através de uma experiência mais sensorial. E claro, o interesse das crianças em aulas de história e geografia com certeza aumentará bastante.

Essa não é exatamente a primeira vez que a Google busca introduzir novas tecnologias na área educacional. Agora, quando a realidade virtual é uma novidade que chama mais a atenção das empresas e desenvolvedores para o setor de jogos, a companhia de Mountain View está mostrando que existem ainda muitas aplicações onde essa tecnologia pode gerar revoluções. É bem possível que o Cardboard obtenha bons resultados nas salas de aula, o que poderá incentivar as instituições educacionais a compreenderem que tempos modernos requerem métodos modernos para capturar a atenção dos alunos e oferecer mais qualidade de ensino.


Confira mais novidades apresentadas pela Google durante a conferência I/O.
fullmetalchemistry
Enviado por fullmetalchemistry
Membro desde
44 anos
label