.

Campanha Polêmica tenta viabilizar sucessor de S.T.A.L.K.E.R

Enviado por bentonio18, , 0 comentários
Clique para ver a imagem em tamanho original

Uma nova campanha no Kickstarter para financiar um "sucessor espiritual" do jogo pós-apocaliptico S.T.A.L.K.E.R. está provocando polêmica em relação ao currículo das pessoas envolvidas no projeto.

O autor da campanha é o novo estúdio West Games, que seria formado por pessoas do núcleo responsável por S.T.A.L.K.E.R. e agora teria a oportunidade para realizar "as melhores ambições, sonhos, ideias e esforços" da equipe que concebeu o jogo original.

Mas segundo a Vostok Games, de fato formada pelos ex-integrantes da GSC que criaram S.T.A.L.K.E.R., a história contada pela West Games é uma fraude e sua equipe não poderia ser considerada responsável pelo jogo pós-apocaliptico.

A Vostok Games diz que a GSC desenvolveu S.T.A.L.K.E.R. por muitos anos, tendo anunciado o jogo em 2001 e lançado a versão comercial apenas em 2007. Durante este período, muitas pessoas se juntaram ao projeto, e aparentemente aquelas que hoje se apresentam como fundadores do West Games teriam papeis menores na realização do jogo. Para piorar, a Vostok Games também está desenvolvendo um "sucessor espiritual" de S.T.A.L.K.E.R. chamado Survarium.

"Muita gente veio para o estúdio para trabalhar por alguns meses apenas por uma questão de acrescentar o desenvolvimento de S.T.A.L.K.E.R. aos seus currículos. Frequentemente eles alegaram depois serem os desenvolvedores centrais do jogo. Você não saberia de qualquer maneira, certo?", disse o gerente de relações públicas do Vostok, Oleg Yavorsky, ao site Eurogamer.

O jogo da West Games se chama Areal e é anunciado no Kickstarter como "o sucessor espiritual definitivo da cultuada série S.T.A.L.K.E.R.".

"A melhor forma de descreve-lo é como um sucessor espiritual da série cultuada Stalker... ele preserva e melhora a atmosfera de Stalker. Areal é uma carta de amor aos fãs do gênero de horror e pós-apocalipse", explicou o estúdio.

Apesar de ser ambientado em um mundo pós-apocalipse, Areal será um mundo aberto detalhado, variado e muito bem colorido. O enredo será não-linear e terá como base um futuro onde a civilização decaiu pelo efeito de um material tóxico, vindo de um asteróide, chamado Metamorfina.

A produtora do S.T.A.L.K.E.R. original, a GSC, fechou as portas em 2012, cancelando a produção da sequência.

Polêmicas à parte, Areal parece mesmo com S.T.A.L.K.E.R. e deve ter sucesso na sua campanha pelo Kickstarter, até porque ela é modesta, demandando apenas US$ 50 mil em contribuições do público.
bentonio18
Enviado por bentonio18
Membro desde
label