[THE WITCHER] The Last Wish & Blood of Elves, de Andrzej Sapkowski

#Artigo Publicado por kbcao17, em .

Como é de costume em todas as viagens diplomáticas de Estado, os presidentes costumam trocar presentes para demonstrar apreço pelo visitante ou agradecer ao anfitrião. E na última visita de Obama à Polônia, não foi diferente – o atual presidente da Polônia, como manda o protocolo, presenteou-o com o que há de mais relevante da produção cultural nacional dos últimos anos. Entre os presentes, que incluíam um iPad com diversos filmes premiados, estavam os livros de Andrzej Sapkowski. E isso é digno de nota porque os livros em questão são romances de fantasia medieval, um gênero olhado com maus olhos por qualquer intelectual (a menos que seu sobrenome seja Tolkien), e que só foram ganhar fama mundial por terem sido a inspiração para a série de jogos The Witcher (que também estavam entre os presentes).

IMAGEaHR0cDovL2ltYWdlcy53aWtpYS5jb20vd2l0Y2hlci9pbWFnZXMvMS8xNC9BbmRyemVqX1NhcGtvd3NraV8tX1RoZV9MYXN0X1dpc2guanBn

IMAGEaHR0cDovL2ltYWdlcy53aWtpYS5jb20vd2l0Y2hlci9pbWFnZXMvNS81My9CbG9vZF9vZl9FbHZlc19Gcm9udF9Db3Zlcl9VUy5qcGc=

Os livros giram em torno de Geralt de Rivia, um "witcher", uma espécie de mercenário especializado em matar monstros de todos os tipos. Como essa é uma profissão um tanto quanto insalubre, os witchers são disciplinados desde cedo na arte da espada e da magia, e no processo ingerem substâncias misteriosas que alteram seu próprio corpo, permitindo-lhes maior agilidade, força e sentidos mais apurados. Isso os transforma em uma espécie de mutante, com detalhes em sua aparência que causam estranhamento às pessoas comuns. Por isso, os witchers geralmente são vistos com maus olhos pela população. O fato deles só ajudarem quem lhes paga de acordo não ajuda muito a situação, também.

IMAGEaHR0cDovL3BvbGVpcm8uZmlsZXMud29yZHByZXNzLmNvbS8yMDExLzA3L2FuZHJ6ZWpzYXBrb3dza2kuanBnP3c9MjEyJmg9MzAw

O primeiro livro, The Last Wish (lançado no Brasil como O Último Desejo pela Martins Fontes), é uma coleção de contos que ambientam o personagem e o cenário. Geralt já é um witcher experiente, dotado de uma certa fama e conhecido em alguns círculos como o Lobo Branco. Várias das histórias do livro seguem mais ou menos um mesmo padrão: Geralt chega em uma vila, resolve o problema dela, pega o dinheiro e vai embora (ou, alternativamente, é expulso pela vila sem receber um tostão). Mas cada vila tem um problema diferente, e cada problema tem um dilema diferente. Geralt por vezes se vê diante de escolhas morais difíceis, que revelam pouco a pouco sua personalidade estóica, mas firme e moralista, guiada por um sólido código de honra. Nosso herói só revela uma faceta menos "profissional" e mais humana, jovial até, quando está junto de algum de seus poucos amigos: Nenneke, uma sacerdotisa da deusa Melitele, onde Geralt se refugia para descansar e se recuperar de suas feridas, e Dandelion ("dente-de-leão"; Jaskier, no original), um bardo que às vezes acompanha Geralt para criar canções inspiradas em suas aventuras. Entre os vários contos, estão a história da princesa-monstro amaldiçoada cujo pai se recusa a deixar que matem, um ogro que vive isolado na floresta e "aluga" jovens de uma cidade próxima para saciar sua solidão, e o relato de como Geralt conheceu Yennefer, uma feiticeira com a qual acaba se envolvendo amorosamente.

IMAGEaHR0cDovL3BvbGVpcm8uZmlsZXMud29yZHByZXNzLmNvbS8yMDExLzA3L291bHRpbW9kZXNlam8uanBnP3c9MTk5Jmg9MzAw

A história começa a ficar realmente boa no segundo livro, Blood of Elves, e o primeiro livro da saga de verdade. Entre Blood of Elves e The Last Wish passaram-se mais ou menos treze anos, e muita coisa mudou no mundo. Os elfos, exilados nas montanhas desde que os humanos chegaram no Continente, se uniram em uma frente de batalha poderosa com o intuito de reconquistar as terras que lhes são de direito. Essa frente conquistou um sem-número de territórios, incluindo o antes-glorioso reino de Cintra, até chegar a uma barreira geográfica – o rio Yaruga – que impôs uma pausa temporária na guerra. Foi aí que surgiram boatos (espalhados pelo Dandelion meio que sem querer, assim) de que a herdeira do trono de Cintra não morreu no cerco e está escondida em algum lugar – e está mesmo. Ciri, agora com 12 anos, está sendo treinada por Geralt e seus companheiros para ser uma witcher e para dominar seus poderes latentes, derivados de sua herança genética élfica. Enquanto isso, vários reinos se mobilizam para encontrar a garota e a utilizarem como um peão em seus estratagemas políticos.

O outro ponto forte do livro é Geralt. Embora os outros personagens não recebam a ênfase e o tratamento que mereçam, é Geralt aquele que centraliza todas as atenções. No primeiro livro, Geralt é jovem, impulsivo, ainda que um tanto sério e calado. No segundo livro, treze anos depois, Geralt está velho – não só de corpo, mas principalmente de espírito. Essa transição não é explicitada, mas dá a entender que foi o affair com Yennefer, e sua posterior separação (causada por um triângulo amoroso!), que mudou o jeito de ser de Geralt. E é nesse desenvolvimento de Geralt como um herói relutante, um mercenário estóico, um amante melancólico e um "pai" preocupado que ele se torna humano e o livro ganha sentido. Ainda que a história nessa década de vácuo seja contada só pelo alto, o relacionamento de Geralt com Ciri, Yennefer e Triss Merigold (a "outra") é o ponto verdadeiramente encantador dos livros.

O próximo livro da série só vai sair em inglês em 2012, e a saga já está no quinto livro. Até lá, o jeito é jogar os jogos ou caçar a série de TV polonesa – ou então aprender polonês logo, que deve ser mais rápido do que esperar a tradução dos romances. Você também pode comprar a edição da Martins Fontes, que conta com uma tradução mais fiel que a americana e uma capa bem austera e elegante, tão bonita quanto a americana e mil vezes melhor do que as lituanas.

http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=22484520&sid=1894354101422247442952267

James
James #kbcao17
, Penedo, Alagoas, Brasil
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por VSDias55,