Naruto Shippuuden Ultimate Ninja Storm Generations - Preview

#Notícia Publicado por brotherhood360, em .

IMAGEaHR0cDovL3RlY25vaW5mb3JtZXJzLmZpbGVzLndvcmRwcmVzcy5jb20vMjAxMi8wMi9uYXJ1dG8tZ2VuZXJhdGlvbi1zY2FuLTYwMHg1MDYtdmVydC5qcGc=

Depois de cerca de 10 jogos baseados na série Naruto, a CyberConnect2 sabe como poucos como transportar o famoso anime para o mundo dos games. Se os produtos lançados na era PlayStation 2 e PSP são altamente importantes, pois serviram como alicerces para marcarem a fama e qualidade do estúdio, os mais recentes Ultimate Ninja Storm na PlayStation 3 e Xbox 360, no caso do segundo, provaram ser uma grande carta de amor aos fãs dedicados da série. A passagem para a alta definição foi feita com grande qualidade em 2008 com o primeiro UNS e a passagem para multiplataformas deu-nos o maior jogo Naruto alguma vez feito. Agora, é a vez de Ultimate Ninja Storm Generations que promete ser a experiência Naruto mais completa já lançado em um console.

O modo single- player é algo muito simples, como Tekken, Street Fighter ou Dead or Alive. Escolhemos uma das personagens, enfrentamos uma série de combates com história entre eles, e após isso temos um final em vídeo. Ao terminar o modo desbloqueamos um novo personagem e assim sucessivamente. É uma abordagem mais direta e simples que certamente vai agradar a muitos que se queixavam do modo aventura.

Como referido, este jogo é o que mais abrange tempo dentro da historia do anime isto quer dizer que vamos poder jogar e conhecer a história desde a primeira sessão de treino de Time 7 até à terceira luta de Naruto contra Sasuke. Pelo meio, e nos finais, vamos conhecer sequências de história alternativas em jeito de animação feitas especialmente para o jogo pelo estúdio responsável pela animação de Naruto.

IMAGEaHR0cDovL3RlY25vaW5mb3JtZXJzLmZpbGVzLndvcmRwcmVzcy5jb20vMjAxMi8wMi9uYXJ1dG8tbWFuZ2MzYTEtNTU5LXVjaGloYS1tYWRhcmEtdmVydDEuanBn

Após escolher o personagem iniciámos o modo e antes de cada combate temos um misto de imagens paradas, vindas diretamente da animação, e sequências animadas que nos contam a história da série. Nesta nova versão deste modo ao escolhermos o personagem apenas vamos lutar os combates que esse personagem específico enfrentou na animação. Se, por exemplo, escolherem Naruto na sua versão Shippuuden vão começar por enfrentar Sasuke, seguido de Orochimaru, de Sasuke, Deidara, Tobi e por aí adiante.

Não só nos modos, mais a CyberConnect2 mexeu no sistema de combate que surge com alguns ajustes e pequenas modificações, se bem que na sua base permanece praticamente igual ao que era à três anos. Um esquema que nos obriga a usar quatro botões a um ritmo frenético e alto que varia entre o intuitivo e o simples. Talvez até demais. Generations tem a jogabilidade igual aos dois anteriores jogos da serie.Pressionar o único botão para ataques físicos em combinação com o botão para os ataques especiais com a direção pressionada durante o combo é a essência aqui.

Generations parece ainda mais rápido do que os anteriores e ainda mais simples mas para contrabalançar temos ajustes na inteligência artificial e nos jutsus de substituição. Agora para o jogador tem uma quantidade limite para trocar o seu corpo por um tronco e surgir nas costas do oponente e reverter a situação caso esteja à mercê dos seus combos. É um elemento que força uma pequena gestão nos combates. Aliado à inteligência artificial dos oponentes que varia de encontro aos comportamentos e formas de atuar como visto na animação faz com que Generations seja muito divertido de jogar, e muito entusiasmante.

O entusiasmo chega mesmo com os visuais que dentro daquilo a que a série UNS nos habituou faz com que Generations seja sem dúvidas o jogo mais fantástico. Pena não termos aqui os combates cinematográficos e de grande escala que vimos nos anteriores.

QldQWm94RzRIbk0=

Generations representa uma nova abordagem à série Ultimate Ninja Storm, mais direta, ainda mais simples e ainda mais intuitiva. Nem tudo é completamente benéfico para o produto que permanece igual a si mesmo após 4 anos. Ver mais do modo história e aceder ao modo online pode fazer com que Generations cative mas por enquanto ficam reservas. O modo história com uma nova estrutura abre as portas a uma possível lufada de novas possibilidades mas tal pode não ser suficiente para disfarçar uma jogabilidade que precisa de mudanças mais acentuadas. Por mais ingrato que isso possa soar.

Versão testada: Xbox 360

POSTADO POR BROTHERHOOD360

FONTE: TECNOINFOMERS

brotherhood360
brotherhood360
, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil
Publicações em Destaque