.

Ivy Bridge compativel com MB Sandy Bridge e vice-versa (ATUALIZADO)

Enviado por PhilippeX7, , 2706 visualizações, 0 comentários
Daqui algum tempo, no primeiro semestre de 2012, a Intel vai lançar sua próxima geração de processadores de desktop para o socket LGA1155, com base no novo silício Ivy Bridge. Ivy Bridge é um die-shrink de 22 nanômetros do Sandy Bridge, com poucos recursos adicionados / melhorados. O tamanho menor do Ivy Bridge permitirá velocidade de clock maior e os custos de produção reduzidos. A apresentação foi vazado para a imprensa, o que revela um pouco sobre os novos chips. Para começar, os processadores Ivy Bridge são perfeitamente compatíveis com as atuais plataformas LGA1155 e "Cougar point" P67, H67, H61, Z68, chipsets, embora ele virá com seu chipset série 7-próprio.
Para a maioria, Ivy Bridge é idêntico à Sandy Bridge, sendo uma vista rápida dos atuais 32 nm para 22 nm. Ele irá apresentar um novo dual-channel e controlador de memória DDR3 com suporte oficial para velocidades DRAM de até DDR3-1600 MHz. Há o costum PCI-Express 2.0 x16 hub que pode conduzir até duas placas gráficas com conexões elétricas x8. O controlador de gráficos integrados irá enfrentar uma reforma, ele será compatível com DirectX 11. Apoiará também a próxima versão da tecnologia Intel QuickSync codificação de vídeo com aceleração GPU. Turbo Boost 2.0 será levada adiante. TDP varia nas opções habituais 95/65/45/35W.

[img]hide:aHR0cDovL3d3dy50ZWNocG93ZXJ1cC5jb20vaW1nLzExLTA0LTEyLzY3YS5qcGc=[/img]

[img]hide:aHR0cDovL3d3dy50ZWNocG93ZXJ1cC5jb20vaW1nLzExLTA0LTEyLzY3Yi5qcGc=[/img]
Seguindo em frente, o próximo slide mostra como Sandy Bridge, processadores Ivy Bridge e Cougar Point, chipsets Panther Point são perfeitamente compatíveis entre si. Processadores Ivy Bridge pode ser executado em vigor chipsets da série 6, Sandy Bridge deve ser capaz de rodar em chipsets Panther Point série 7 também. O incentivo no chipset Panther Point, no entanto, é que ele terá uma nova interface IDE que suportam até três monitores simultaneamente em execução, e que contará com um sistema integrado de controlador USB 3.0. USB 3.0 será implementado de forma semelhante como SATA 6 Gb / s em Cougar Point, apenas algumas, não todas as portas USB serão SuperSpeed​​.

[img]hide:aHR0cDovL3d3dy50ZWNocG93ZXJ1cC5jb20vaW1nLzExLTA0LTEyLzY3Yy5qcGc=[/img]
De acordo com um suposto slide da Intel, a nova geração de chipsets Panther Point, para os futuros processadores de 22nm Ivy Bridge, terá entre outras novidades, o suporte ao bus de conexão PCI-Express 3.0.

Além de dobrar a largura de banda de conexão, o PCIe 3.0 terá ainda uma série de novos recursos e melhorias nas especificações elétricas.

Com a chegada da geração Panther Point, a Intel colocará um fim a era dos chipsets sem suporte a vídeo, uma vez que todos os novos processadores LGA1155 serão compatíveis com a tecnologia Intel Flexible Display Interface (FDI). Assim, sairá de cena a linha P, para ficar apenas a Z e H. O Z77 será voltado para o público entusiasta, compatível com uma grande variedade de configurações no link PCIe; enquanto que o Z75 (intermediário) terá suporte para até 2 VGAs; e finalmente o H77 suportará apenas uma placa 3D, sem a possibilidade de overclock no processador, recurso que ficará restrito apenas aos chipsets da série Z.

[img]hide:aHR0cDovL3d3dy50ZWNocG93ZXJ1cC5jb20vaW1nLzExLTA0LTI3LzE3NGEuanBn[/img]
Enquanto que o X79, voltado para os processadores LGA2011 (TOP), suporta até 10 portas SATA de 6Gbps, o Panther Point ficará restrito a apenas 2 portas SATA III, com mais 4 portas SATA II (3 Gbps), além de 4 portas USB 3.0 (nativo).

Isso significa que quem montou um PC top da geração Sandy Bridge e quiser fazer um UP depois para um Ivy B. poderá sem problemas, só espero que saia modelos hexa-core e octo-core, se sair um dos hexa-core já é meu xD
Tudo indica então que teremos duas plataformas como foi no passado (LGA 1156 e [1366 para entusiastas]) só que agora com o LGA 1155 e [LGA 2011 para entusiastas]...
Pelo que entendi, o PCI-E 3.0 é no bus do vídeo integrado... Mas para VGA offboard será ainda PCI-Express 2.0... Ã o que eu entendi lendo os slides... Me corrijam se eu estiver errado... Espero que saia um hexa-core no LGA 1155 Ivy Bridge, pra fazer um UP gostoso no PC uhahuahua... Se não sair, pelo menos teremos quad-core que virão com um poder de over muito maior que os atuais Sandy Bridge, migrar para um i5 "3500k" não sería ruim também |
PhilippeX7
Enviado por PhilippeX7
Membro desde
30 anos, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil
label