.

Para quem não acredita no poder do Celeron serie 4xx

Enviado por fabiano_dcastro12, , 4728 visualizações, 0 comentários
O Celeron 4xx é uma versão single-core do Core 2 Duo, com menos cache L2 e vendido a preços muito mais baixos.
Com o Core 2 Duo, todos os processadores de médio a alto custo da Intel passaram a ser dual-core ou quad-core. Durante a transição, os processadores Pentium D e Celeron D, baseados na arquitetura do NetBurst tornaram-se a linha de baixo custo e passaram a ser vendidos a preços cada vez mais baixos.
A solução encontrada pela Intel foi desenvolver uma versão simplificada do Core 2 Duo baseado no core Conroe, com apenas um núcleo e 512 KB de cache L2, batizada de Conroe-L. Nasceu assim o sucessor do Celeron-D, que voltou a ser chamado simplesmente de "Celeron" e foi lançado sem muito alarde.
As versões iniciais, lançadas em junho de 2007, incluem o Celeron 420 (1.6 GHz), o Celeron 430 (1.8 GHz) e o Celeron 440 (2.0 GHz). Os três modelos possuem apenas 512 KB de cache L2, utilizam bus de 800 MHz (4x 200 MHz) e são produzidos usando a técnica de 0.065 micron. Eles são genericamente chamados de "Celeron 4xx".

Embora eles possam ser usados em qualquer placa-mãe soquete 775 que suporte o Core 2 Duo, eles não devem ser vistos como um upgrade direto para as máquinas baseadas no Celeron D, já que a maior parte das placas antigas não possuem suporte a eles, por não utilizarem reguladores de tensão compatíveis com a especificação VRM 11.

Por utilizarem o mesmo encapsulamento, os Celerons 4xx são fisicamente quase idênticos aos Core 2 Duo. Com exceção das inscrições sobre o heat-spreader do processador, a única forma de diferenciar os dois é com base nos capacitores cerâmicos instalados na parte inferior do processador. Por possuir apenas um núcleo, o Celeron possui um número muito menor deles.

Embora seja o "patinho feio" dentro da plataforma Core, o Celeron 4xx oferece algumas vantagens interessantes. A primeira (e mais óbvia) é que os processadores são muitos baratos, com os modelos de clock mais baixo custando menos de US$ 40 nos EUA (ou pouco mais de 100 reais aqui no Brasil).
A segunda é que a combinação da arquitetura core, com uma técnica atualizada de fabricação, bus de 800 MHz e o uso de um único núcleo faz com que o Celeron 4xx suporte overclocks generosos, que me fazem lembrar dos antigos Celerons 300A.

Usando uma placa que suporte bus de 266 MHz (1066) você pode fazer os três modelos trabalharem a, respectivamente, 2.13, 2.39 e 2.66 GHz. Caso a placa permita ir além, você pode chegar perto da marca dos 3.0 GHz, aumentando a tensão do processador de 0.2v.
Embora (mesmo em overclock), seja difícil de comparar o desempenho do Celeron 4xx com o de um Core 2 Duo, ele é sensivelmente mais rápido que os antigos Celerons D. De uma forma geral, é preciso um Celeron D com o dobro do clock para competir de igual para igual com um Celeron 4xx.
Um mero Celeron 430 (1.8 GHz) é capaz de superar um Celeron D de 3.6 GHz na maioria dos games e aplicativos de compressão de vídeo, além de consumir menos da metade da energia e oferecer uma margem de overclock muito maior.
Além de poder ser usado em micros de baixo custo, o Celeron 4xx permite que você monte um PC com componentes de boa qualidade, gastando relativamente pouco. Você pode comprar uma boa placa-mãe soquete 775, 1 GB de memória e uma placa 3D offboard e deixar para economizar no processador. Fazendo overclock, você pode ter de 70 a 80% do desempenho de um Core 2 Duo E6400 ou E6600, com a possibilidade de atualizar o processador quando precisar de mais desempenho.
Assim como o Celeron-M, destinado a notebooks, o Conroe-L não oferece suporte ao SpeedStep, de forma que o processador opera sempre à freqüência máxima. Isso não é um grande problema ao usar o processador na freqüência original, já que a 2.0 GHz ele consome menos de 35 watts de energia, mas torna-se uma desvantagem ao fazer overclocks mais extremos, onde além do clock é aumentada também a tensão. Se você está pensando em montar um micro de baixo consumo, o Celeron 4xx não é uma boa opção.

Eu mesmo fiz videos e postei aqui na GV mas ainda tem gente q nao acredita!!!
links dos videos abaixo.





fabiano_dcastro12
Enviado por fabiano_dcastro12
Membro desde
25 anos, Bagé, Rio Grande do Sul, Brasil
label