.

Bungie se transformará em produtora independente

Enviado por _Belmont, , 5 visualizações, 0 comentários
Confirmando rumores que começaram a circular recentemente pela internet, Microsoft e Bungie Studios estão mesmo se separando. As companhias firmaram um plano para que, a longo prazo, a produtora de "Halo" torne-se independente. A Microsoft, no entanto, mantém os direitos sobre a franquia best-seller - além de, eventualmente, distribuir eventuais novas propriedades intelectuais da produtora.

"Nossa colaboração com a Bungie teve como resultado 'Halo' se tornar um grande sucesso", disse Shane Kim, vice-presidente corporativo da Microsoft Game Studios. "Enquanto mantemos o interesse em apoiar a Bungie em seu desejo de retornar às raízes independentes, continuaremos a investir em nossa propriedade intelectual 'Halo' com a Bungie e outros parceiros, como Peter Jackson, em uma nova série interativa no universo de 'Halo'", completou.

"Continuaremos a desenvolver nosso foco primário nas plataformas da Microsoft; valorizamos muito nossa mútua e próspera relação com nossa distribuidora, Microsoft Game Studios, e queremos continuar nossa parceria com 'Halo' e ir além", explicou Harold Ryan, líder da Bungie.

A Microsoft detém cerca de 45% de ações da Bungie que, com o novo plano, vai se tornar uma empresa de games pública, tal como Rockstar e Epic. Desta forma, poderá criar suas próprias tecnologias e games para qualquer sistema ou plataforma que desejar.

Se a produtora criar games para outro console que não da Microsoft, a empresa de Bill Gates participará dos lucros obtidos. A Bungie pode criar games para a Nintendo ou a Sony, desde que sejam lançados no Xbox 360 também.

A Microsoft detém os direitos majoritários na comissão de diretores e nas decisões financeiras da Bungie, além de garantir todos os direitos sobre franquias como "Halo", "ONI" e "Myth". A produtora criará, em parceria com a Weta Digital, empresa de efeitos visuais de Peter Jackson, mais dois games da série "Halo", que serão publicados pela Microsoft.

Os únicos títulos da produtora sobre os quais a Microsoft não possuirá direitos exclusivos serão as novas propriedades intelectuais.

Para a Microsoft, uma Bungie independente é mais valiosa, pois acredita que mais jogos poderão ser vendidos no Xbox 360 dentro de uma parceria neste formato.
_Belmont
Enviado por _Belmont
Membro desde
24 anos, Viçosa
label