.

Sparkle aumenta freqüência de SPs de toda linha GeForce 8

Enviado por Anônimo, , 12 visualizações, 0 comentários
Sabe-se há tempos que o controle da freqüência das unidades de processamentos de shaders ou stream processors (SPs) por parte da NVIDIA possibilitou a combinação com a freqüência de GPU na aceleração, e assim garantiu saídas de pico. Com esse conceito, fabricantes de placas gráficas começaram a indicar freqüências dos SPs independentemente ao das soluções "tradicionalmente" overclocadas.

Segundo o site VR-Zone, a Sparkle também sabe sobre os benefícios em aumentar as freqüências dos SPs e apresentou o conceito Super Clock Technology (SCT) que proporciona originalmente maiores freqüências no processamento de shaders às placas gráficas da geração GeForce 8.

Conforme a fabricante explica, a aceleração das placas gráficas é feita pelo utilitário NiBiTor (NVIDIA BIOS Editor). Esse não é o primeiro experimento que a Sparkle realiza com desenvolvedores de utilitários de overclock de placas gráficas. Infelizmente, a colaboração com o desenvolvimento do RivaTurner acabou por causa do não-cumprimento de algumas condições acordadas por parte da Sparkle.

Certamente o aumento de freqüências de processamento de shaders não é uma exclusividade da Sparkle, apenas ela simplesmente adotou essa solução para sobressair-se do ponto de vista do marketing.

Link:

[url]hide:aHR0cDovL3d3dy5mb3J1bXBjcy5jb20uYnIvbm90aWNpYS5waHA/Yj0yMjEzMDI=[/url]
label