.

Personalização, a palavra da vez

Enviado por Ivan Castro Magalhães, , 3 visualizações, 0 comentários
Parece que os executivos da EA ouviram minhas preces. Na conferência realizada pela SIGGRAPH (espécie de grupo formado para desenvolver tecnologias gráficas), Glenn Entis, chefe da equipe de tecnologias visuais da Electronic Arts disse que cedo ou tarde os gráficos chegarão ao ápice e aí é que começarão os problemas para os desenvolvedores.

Segundo ele, quando isso acontecer, não será mais preciso nos preocuparmos com a fidelidade das imagens ou pensarmos em tornar os gráficos mais bonitos. A solução será então permitir que o usuário possa criar a forma como quer ver seus personagens/objetos no jogo. Ele cita como exemplo o sucesso que comunidades estilo MySpace, Youtube e Facebook fazem e diz que estamos vivendo o renascimento da criatividade.

Acho muito interessante o ponto de vista dele e concordo que esta talvez seja a saída. Muitos jogadores gostam de personalizar seus jogos, isso faz parte do ser humano. Tornar-se diferente. Veja os editores de pistas em jogos de corrida, editores de uniformes nos jogos de futebol. Até o LittleBigPlanet, futuro jogo para PS3 onde o jogador poderá criar suas aventuras quase do zero. O fato é que muitas pessoas gostam de modificar seus jogos e oferecer isso ao consumidor agrega valor aos jogos, além de aumentar a vida útil do título.

FONTE: MEIO BIT
Ivan Castro Magalhães
Membro desde
27 anos
label