.

Produtora trará jogos em BR para o brasil a Synergex

Enviado por juunin, , 3 visualizações, 0 comentários
A partir de julho, começam a chegar ao Brasil os primeiros títulos distribuídos pela Synergex Corporation, empresa de origem canadense que está de olho no potencial do mercado de games da América Latina - além de São Paulo, foram abertos escritórios no México, Chile e Colômbia. Por aqui, serão comercializados jogos para todas as plataformas, incluindo PC, portáteis e nova geração de consoles.

à provável que você ainda não saiba quem é a Synergex, mas os canadenses a conhecem muito bem: por lá, a empresa lança títulos de produtoras como Tecmo, Square-Enix, Midway, Namco Bandai, LucasArts, Atari e Activision.

As atividades do escritório brasileiro, que conta com 20 pessoas, entre funcionários e colaboradores, ainda estão em fase inicial, mas a idéia é, com o tempo, trazer o máximo possível de produtos, entre games e acessórios.

Basicamente, o que a Synergex faz é um processo definido pelo CEO, David Aiello, como "túnel transparente". "Dizemos às empresas: 'Vocês podem confiar em nós. Ao comprar os games e trazê-los para cá, vamos vendê-los para as lojas brasileiras e manter vocês informados sobre tudo'", explica. "Ã com esta transparência que nosso negócio funciona".

Ao adquirir a confiança das produtoras, fica mais fácil, por exemplo, conseguir datas de lançamentos mais próximas aos Estados Unidos (ou mesmo simultâneas), além de obter melhores preços para os games. "Vemos que o Brasil é um país muito diferente de cinco anos atrás: temos a possibilidade de mostrar agora um país sofisticado e organizado, onde a lei funciona e o governo é mais transparente", diz Aiello.

Em julho, a expectativa é estrear nas prateleiras com "Ninja Gaiden Sigma", para PlayStation 3, e "Resident Evil 4" para Wii. Em agosto, a grande atração é "Stranglehold" (PC, PS3, X360), inclusive com a edição para colecionadores.

Até o final do ano, estão programados vários títulos, com datas próximas ao lançamento original, segundo a subsidiária brasileira. Confira alguns deles:

. Dungeons & Dragons Tactics (PSP)
. Naruto: Ultimate Ninja Heroes (PSP)
. Smash Court Tennis 3 (PSP)
. Digimon (DS, PS2)
. Eternal Sonata (X360)
. Ace Combat 6 (X360)
. BlackSite: Area 51 (PC, PS3, X360)
. Unreal Tournament 3 (PC, PS3, X360)
. Garfield's Nightmare (DS)
. Wild Arms 5 (PS2)
. Naruto: Ultimate Ninja Heroes (PSP)
. One Piece Unlimited Adventure (Wii)
. Space Station Tycoon (Wii)
. Culdcept Saga (X360)

Entre os pontos de venda confirmados estão Fnac, Saraiva, Blockbuster e lojas virtuais como Americanas.com. Todos os games terão manual e embalagem em português e, no futuro, legendas ou até mesmo tradução para o português serão possíveis.

PlayStation 3 no Brasil?

"Qualquer PlayStation que está no Canadá chegou através da Synergex". O foco da entrevista nem era a Sony, mas com esta frase de Aiello, tornou-se impossível não abordar o assunto. Afinal, se a companhia representa a Sony no Canadá, o mesmo eventualmente poderia acontecer no Brasil?

Entre muitos risos, Aiello limitou-se a se esquivar, respondendo: "Eu não posso comentar agora". Contudo, não é um "sim", mas também não é um "não". Ou seja, vale esperar a performance da Synergex no país para conferir o que pode acontecer.

Atualmente, o PlayStation 3 é o único console da nova geração que não tem representante no Brasil. Xbox 360 foi lançado oficialmente pela Microsoft e o Wii, da Nintendo, e comercializado pela importadora Latamel.
juunin
Enviado por juunin
Membro desde
Rio de Janeiro: Brasil
label