.

Para analista, corte no preço do PS3 pode não surtir tanto efeito

Enviado por _Belmont, , 6 visualizações, 0 comentários
De acordo com Michael L. Savner, analista do Bank of America, um eventual corte no preço do PlayStation 3 no terceiro trimestre pode não ser o suficiente para estimular as vendas do console da Sony de maneira significativa. Ele também acredita que uma maior presença da Nintendo no mercado seria prejudicial para as distribuidoras em geral.

"Embora aumente a crença de que um corte de US$ 100 no preço do PlayStation 3 (...), não acreditamos que tal movimento aumente significantemente as vendas estagnadas e estamos mais preocupados que sobre uma evasão da taxa de mercado da Sony e da Microsoft para a plataforma Wii da Nintendo ser muito negativa para as empresas independentes", disse Savner.

"Concluímos que um corte de US$ 100 no preço do PS3 ainda deixaria o custo do console e de seus itens básicos 20 e 25% maior que o Xbox 360, e isso nem reflete a possibilidade de a Microsoft também baixar os preços de seu console. Mais ainda, um aspecto importante no último ciclo da Sony foram os jogos exclusivos, como 'Grand Theft Auto'. Infelizmente, a Sony não tem uma vantagem similar nessa geração", adicionou.

Para Savner, a Sony cometeu vários erros. Os consumidores estão mais cuidadosos com preços do que eles previram, e não se importam tanto assim com o Blu-ray, que é justamente o fator principal para elevar o preço do sistema. Para piorar, o console foi lançado com poucos títulos exclusivos de peso e a Sony precisaria cortar o preço em pelo menos US$ 200, o que para ele não vai acontecer.

"A Sony já está perdendo aproximadamente US$ 200 pelo console de US$ 599, baseado em nossas estimativas", disse Savner. "Contrabalanceando um possível corte no preço está a redução dos custos de produção, que devem diminuir ainda mais esse ano. Estimamos que a perda por console deva cair para US$ 50, assumindo que a Sony não corte seus preços. Para finalizar, não achamos que a Sony consiga competir com o Wii este ano", opina.

Acima disso, apesar do sucesso do Wii significar bons resultados para a Nintendo, o mesmo não pode ser dito sobre as outras empresas, visto que o caminho normal nessa situação seria olhar mais para o Wii e menos para o PS3, o que poderia ferir a indústria.

"Com a mudança de fatia de mercado em que o Wii e até mesmo o PS2 são os beneficiados, nossa preocupação é que se as vendas de jogos também começarem a seguir essa linha, as empresas vão trocar as altas arrecadações, com PS3 e Xbox 360, pelas baixas arrecadações, do Wii e PS2", alerta Savner.
_Belmont
Enviado por _Belmont
Membro desde
24 anos, Viçosa
label