.

King Kong para Xbox 360 apresenta falhas

Enviado por eneas, , 21 visualizações, 0 comentários
Os fãs que quiserem aproveitar melhor o game baseado no longa dirigido por Peter Jackson, King Kong, devem evitar a versão para o novo Xbox 360, da Microsoft, segundo a sugestão da Ubisoft, fabricante do jogo.

O presidente da Ubisoft, Yvez Guillemot, admitiu que o jogo, quando exibido em monitores de televisão comuns, fica com imagens escuras demais, tornando sua operação difícil.

"Estou um pouco decepcionado com o fato de que não notamos isto quando estávamos desenvolvendo o jogo", disse Guillemot à BBC.

O jogo baseado no filme vêm recebendo elogios de especialistas.

O próprio Peter Jackson esteve envolvido no desenvolvimento do jogo junto com um dos nomes mais famosos do setor, Michel Ancel, dando uma qualidade mais cinematográfica ao game.

Versões

Como acontece com muitos jogos baseados em filmes, a Ubisoft fez várias versões do game King Kong para vender o maior número possível de cópias.

Versões para o PlayStation 2, Xbox, GameCube e para computadores chegaram às lojas britânicas no mês de novembro, coletando críticas favoráveis. A edição para o Xbox 360 foi colocada à venda em dezembro.

Os jogadores podem encarnar como personagens do game o explorador Jack Driscoll ou o próprio King Kong.

Se o jogador escolher "ser" King Kong, ele poderá lutar contra dinossauros e outros monstros na ilha Skull ou destruir as ruas de Manhattan quando o gorila gigante chega a Nova York.

O game não tem o excesso de placares e outros símbolos que costumam preencher a tela de outros jogos, o que o transforma em uma experiência mais limpa e faz com que o jogador se sinta parte da cena.

Resolução gráfica

Os jogadores esperavam que King Kong teria uma imagem bem melhor no novo Xbox 360 devido à sua resolução gráfica superior e às suas habilidades de processamento.

Mas a Ubisoft alerta que pode acontecer o oposto.

"Temos um problema no Xbox 360. A tela é escura em alguns monitores de televisão e isto muda totalmente a experiência. Quando está escuro você não vê para onde deve ir", disse Guillemot.

O presidente da Ubisoft disse que a equipe que desenvolveu o game usou certas configurações em TVs de alta definição.

Mas eles não pensaram que haveria um problema com televisores comuns, que são os mais usados para se acoplar um videogame.

Outros jogos em versão para o Xbox 360 oferecem uma opção para selecionar que tipo de televisão está sendo usado.

"Estamos tentando ver se podemos consertar o código", disse Guillemot.

Ele recomendou que os fãs do filme tentem as versões para videogames mais antigos.

"Quando você joga em um Xbox ou no Playstation 2, poderá ver que é lindo", disse.

E, com um visual suntuoso e usando a trilha sonora original do filme, o game é considerado cinema puro, mas com um controle.

O jogo em si não traz nada de muito novo ou original em termos de game, mas nunca foi mostrado algo visualmente tão bem feito.

Fonte: Folha
eneas
Enviado por eneas
Membro desde
36 anos, Curitiba
label