Sinopse de Batman: Arkham Asylum
Encarnando o Homem-Morcego, enfrente o Coringa e outros vilões no sanatório de Gotham City

O Asilo Arkham para Criminosos Insanos é um dos cenários mais célebres da mitologia de Batman, não só nos quadrinhos, mas também em outras mídias, como em suas séries em desenho animado ou em seus longa-metragens. Agora o lugar, que detém alguns dos maiores vilões do homem-morcego como o Coringa e o Duas-Caras, se torna o palco principal do mais novo jogo do herói.

No enredo criado por Paul Dini, o responsável pelas populares animações para cinema e TV do Cavaleiro das Trevas durante a década de 90 e atual roteirista da revista Detective Comics, Batman precisa lidar com um maquiavélico plano arquitetado justamente pelo Coringa, que planeja uma fuga em massa da instituição para servir como distração para algo bem maior. E, como um plano do vilão não fosse o suficiente para deixá-lo ocupado, ele também terá que lidar com todos os seus arquiinimigos de uma só vez, como o Crocodilo, o Charada e o Pingüim.

Não é só a presença de Dini que mostra que Batman: Arkham Asylum é uma grande produção. Kevin Conroy e Mark Hammill, donos das vozes de Batman e Coringa nos desenhos recentes, são alguns dos dubladores escalados para o jogo. E para garantir os visuais próximos ao dos quadrinhos, o design de personagens e cenários ficou a cargo do estúdio Wildstorm, integrante da DC Comics, liderado pelo desenhista Jim Lee - que também cuidou dos visuais de DC Universe Online.

Como não poderia deixar de ser, o jogo dá grande ênfase na ação e em brigas mano a mano. Enquanto boa parte dos combates pode ser realizada com combinações entre socos e bloqueios, há a possibilidade de desferir golpes especiais e ampliar o repertório do herói com um sistema de nivelamento, com pitadas de RPG.

Além de exímio lutador, Batman também é considerado o maior detetive do mundo, o que é explorado de forma bastante interessante. Além de contar com seus batrangues, ganchos e outras bugigangas, o personagem também pode coletar itens pelo caminho para improvisar certas soluções e investigar cenas de crimes, ao melhor estilo CSI.
Screenshots de Batman: Arkham Asylum
Slide https://i.imgur.com/Yj8guOX.jpg;;;https://i.imgur.com/dFwFhSh.jpg
Trailers e GamePlays de Batman: Arkham Asylum
Vídeo do YoutubedVBuVFN2WDg2RHc=
Datas de Lançamento de Batman: Arkham Asylum
PlataformaRegiãoData
ComputadorAmérica do Norte15 de Setembro de 2009
ComputadorEuropa18 de Setembro de 2009
ComputadorAustrália18 de Setembro de 2009
Xbox 360América do Norte25 de Agosto de 2009
Xbox 360Europa28 de Agosto de 2009
Xbox 360Austrália3 de Setembro de 2009
Xbox 360Japão14 de Janeiro de 2010
PlayStation 3América do Norte25 de Agosto de 2009
PlayStation 3Europa28 de Agosto de 2009
PlayStation 3Austrália3 de Setembro de 2009
PlayStation 3Japão14 de Janeiro de 2010
PlayStation 3Asia31 de Agosto de 2009
MacintoshMundialmente3 de Novembro de 2011
PlayStation 4Mundialmente18 de Outubro de 2016
Xbox OneMundialmente18 de Outubro de 2016
OuyaMundialmente28 de Maio de 2014
Classificação Indicativa de Batman: Arkham Asylum
PEGI 16
PEGI 16
Esta classificação é aplicável quando a apresentação de violência (ou actividade sexual) alcança um nível semelhante ao expectável na vida real. Os jovens neste grupo etário também deverão conseguir lidar com linguagem inapropriada mais extrema, com o conceito da utilização de tabaco e drogas e com a representação de actividades criminais.
Jovens
Jovens (T)
Títulos classificados como T "Teen" (Jovens) têm conteúdos adequados para as idades de 13 anos ou mais. Títulos nesta categoria podem conter violência, temas sugestivos, humor negro, sangue mínimo, apostas simuladas, e/ou uso de linguagem pesada.