Doom: The Dark Ages contará com mais inimigos, arenas maiores e uma ação mais lenta

Doom: The Dark Ages contará com mais inimigos, arenas maiores e uma ação mais lenta

The Dark Ages está sendo projetado como um sucessor de Doom original, e não como uma sequência de Doom Eternal.
#Games Publicado por coca, em

Um novo jogo da franquia Doom está em total desenvolvimento nesse exato momento sob o nome de "Doom: The Dark Ages", com lançamento programado para algum momento de 2025.

Doom: The Dark Ages foi sem dúvidas umas das principais surpresas no evento do Xbox, pois temos aqui um novo título da franquia com tema medieval, enquanto Doom Slayer equipe um poderoso escudo que pode ser utilizado como arma durante a jogatina.

Durante uma recente entrevista, o portal GamesRadar teve a chance de conversar com o diretor criativo de The Dark Ages, Hugo Martin. Segundo suas palavras, The Dark Ages está sendo projetado como um sucessor de Doom original, e não como uma sequência de Doom Eternal.

Leia Também:

  1. Spider-Man 2 ganha novo update adicionando 8 trajes ao jogo
  2. Maioria dos jogadores de Elden Ring no Steam ainda não derrotou o chefe necessário para acessar Shadow of The Erdtree

Hugo Martin alega que em Doom: The Dark Ages, um dos fatores-chave é sobre desviar de projéteis inimigos. Com isso em mente, os projéteis inimigos se movem lentamente, dando a chance de o jogador desviar.

"Percebi imediatamente o quão lentos aqueles projéteis se movem – acabei de me dar conta de que isso é o labirinto”, disse Martin, falando sobre como jogar o Doom original ajudou o estúdio a projetar Doom: The Dark Ages. "O movimento é mais horizontal enquanto você se esquiva dos projéteis, e cada projétil importava no Doom original."

NHRrOGxrbVlHV1E=

Em Doom Eternal há muita verticalidade, mas em Doom: The Dark Ages será diferente, pois aqui haverá mais inimigos em arenas maiores. É como se fosse uma diferença entre um caça e um tanque.

"Se você era um caça F22 em Doom Eternal, desta vez queríamos que você se sentisse como um tanque Abrams," disse Martin. "Isso significa que você é mais poderoso e está mais ancorado."

"O sistema de combate para novos jogadores – aqueles que só começaram a jogar Doom com o reboot – acho que vão sentir que este é um sistema de combate reinventado. Mas para os fãs de longa data da série, pessoas que jogaram o Doom original, vocês verão que é realmente um retorno às origens."

Hugo Martin observa que os jogadores se sentiram muito mais lentos em Doom: The Dark Ages, mas ao mesmo tempo, você também sentirá que o personagem é muito mais forte e pesado.

IMAGEaHR0cHM6Ly93d3cuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9zdGF0aWMvaW1hZ2Vuc191cC9iaWcvMTEwL2Rvb20tdGhlLWRhcmstYWdlcy0xMDkwOTIud2VicA==

"Você está mais pesado, mais forte e com os pés no chão. Faremos com que a mira seja importante novamente. Você vai se esquivar dos projéteis, assim como fazia no Doom original, para disparar aquele Super Shotgun no peito... Isso quase cria esse quebra-cabeça de 'tiro em três dimensões' pelo qual você está se movendo."

Doom: The Dark Ages apresentará muitos inimigos na tela, então prepare-se para enfrentar hordas de demônios, com tudo isso acontecendo em grandes arenas, e aqui você deve abrir caminho.

"Temos mais demônios do que nunca. Há uma cena em que o Slayer vira a esquina e está matando tantos deles. Usando aquela espingarda de cano curto e causando tanto dano, com todos os pedaços sangrentos voando, e o feedback que podemos alcançar agora nos jogos é simplesmente incrível. É tão empolgante poder proporcionar isso aos jogadores."

Hugo Martin observa que a equipe conseguiu adicionar essa grande quantidade de inimigos por causa da otimização e IA, que ele considera como um nível incrível.

IMAGEaHR0cHM6Ly93d3cuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9zdGF0aWMvaW1hZ2Vuc191cC9iaWcvMTEwL2Rvb20tdGhlLWRhcmstYWdlcy0xMDkwOTMud2VicA==

"A tecnologia realmente está nos permitindo criar alguns dos maiores espaços e da IA mais avançada, e as armas parecem ser as mais poderosas que você já empunhou em um jogo Doom."

"Eu nem acho que haja um limite para a quantidade de IA na tela neste momento, é uma loucura. Continuo esperando ouvir um 'não' dos programadores, mas eles não disseram desta vez."

"Parece que, em termos de tecnologia em geral, fomos capacitados a fazer nosso melhor jogo. Os dois últimos jogos reiniciados de Doom levaram a isso - certamente tínhamos limitações no passado, e elas simplesmente não parecem estar presentes agora. Mas com cada jogo, tentamos construir com base no sucesso do anterior e aprender as lições certas."

Por fim, ele comentou sobre algumas das armas em Doom: The Dark Ages e como elas serão diferentes daquelas com as quais os jogadores estão acostumados nos jogos anteriores. Nessa história, o escudo terá uma grande presença em The Dark Ages.

IMAGEaHR0cHM6Ly93d3cuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9zdGF0aWMvaW1hZ2Vuc191cC9iaWcvMTEwL2Rvb20tdGhlLWRhcmstYWdlcy0xMDkwOTQud2VicA==

"Você terá esse escudo em sua mão o tempo todo - você basicamente estará empunhando duas armas. Eu quero que os jogadores se sintam como Aragorn, ou Leônidas."

"Você é o herói de uma batalha massiva em um FPS, em um jogo Doom ainda por cima. Parecia apenas que seria um desafio muito divertido para a equipe assumir, e eu acho que nós o entregamos."

"Há muitas coisas que você pode fazer com o escudo. Você pode bloquear ataques, pode desviar projéteis, existem armas brancas com as quais você pode fazer combos de ataques."

"Basicamente, você explora as fraquezas com o escudo em sua mão esquerda e, em seguida, machuca as coisas com as armas em sua mão direita. É bem simples."

Doom: The Dark Ages está em desenvolvimento para PC, PS5 e Xbox Series S|X.

Fonte 1: Gamingbolt
Fonte 2: Gamesradar
coca
coca

Me segue lá no Twitter.

[email protected]

Equipe do Site, Narnia do oeste ao lado sul do norte meio oeste
Publicações em Destaque
#Games, Por coca,
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por VSDias55,