Os estúdios da Sony estariam expressando insatisfação com a tendência dos jogos como serviço (GaaS), afirma Bloomberg

Os estúdios da Sony estariam expressando insatisfação com a tendência dos jogos como serviço (GaaS), afirma Bloomberg

É dito que a Bungie ainda não conseguiu transformar os PlayStation Studios em uma fábrica de jogos de serviço.
#Games Publicado por coca, em

Como não é segredo, nos últimos anos a Sony deixou bem claro que sua nova meta é lançar diversos jogos como serviço, ou mais conhecidos como "GaaS", sendo que vários projetos estão em produção nesse exato momento.

Até antes disso, a Sony e o PlayStation eram conhecidos pela produção de grandes jogos para um jogador, e em alguns casos, tinha os jogos online, mas o foco sempre foi contar histórias.

Leia Também:

  1. Sony revela novo bundle do console PS5 com uma cópia de Marvels Spider-Man 2
  2. Overwatch 2 terá crossover com Diablo 4

Recentemente o prestigiado jornalista Jason Schreier do portal Bloomberg decidiu compartilhar um artigo a respeito da saída de Jim Ryan como chefe do PlayStation. Conforme suas fontes, Jason Schreier afirma que certos estúdios da Sony estariam expressando insatisfação com a tendência dos jogos como serviço (GaaS).

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy84MC9qZXRwYWNrLWludGVyYWN0aXZlLWVzdGEtdHJhYmFsaGFuZG8tY29tLWEtc29ueS1wYXJhLWRlc2Vudm9sdmVyLWFhYS1saXZlLXNlcnZpY2UtZ2FtZS1iYXNlYWRvLWVtLWlwLXBvcHVsYXItZG8tcGxheXN0YXRpb24tMDc5NTA1LmpwZw==

"Nos últimos dois anos, Jim Ryan tem supervisionado uma mudança no PlayStation em direção aos "jogos como serviço", um termo popular na indústria de videogames que se refere a jogos, geralmente multijogador, que podem ser monetizados ao longo de longos períodos de tempo."

"Isso tem sido uma mudança desconfortável para alguns dos estúdios da Sony, que passaram a última década construindo equipes de desenvolvedores experientes para criar grandes jogos de aventura cinematográficos que são jogados individualmente."

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy85MS9idW5naWUtZXN0YS1kYW5kby1zdXBvcnRlLWFvLXBsYXlzdGF0aW9uLXBhcmEtZXhhbWluYXItcmlnb3Jvc2FtZW50ZS1vcy1wcm94aW1vcy1qb2dvcy1jb21vLXNlcnZpY28tMDkwNjk1LmpwZw==

Além disso, a Sony comprou recentemente a desenvolvedora Bungie, que é conhecida por sua experiência em jogos como serviço (Destiny 2 é um grande exemplo). Era esperado que a Bungie ajudasse nos jogos como serviço, mas parece que isso não saiu como o esperado. É dito que a Bungie ainda não conseguiu transformar os PlayStation Studios em uma fábrica de jogos de serviço.

Por fim, é revelado que alguns insiders estão preocupados com a falta de visão coerente da empresa, com suas apostas aparentemente equivocadas em jogos como serviço, headsets VR e até mesmo o PlayStation Portal.

Fonte: Eurogamer
coca
coca

Me segue lá no Twitter.

[email protected]

Equipe do Site, Narnia do oeste ao lado sul do norte meio oeste
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque