Análise | Kao the Kangaroo

Análise | Kao the Kangaroo

Vale a pena esse novo jogo de plataforma?
#Análises Publicado por Vinicius, em

Embora muitos não conheçam, Kao the Kangaroo já foi um clássico mascote dos títulos de plataforma, tendo recebido jogos para as mais diversas plataformas, desde Dreamcast e Game Boy Advance até PlayStation 2 e Dreamcast.

Após muitos anos parado na geladeira, esse personagem está finalmente voltando para as plataformas atuais, prometendo entregar uma aventura de plataforma divertida e modernizada para os dias atuais.

Kao the Kangaroo segue uma fórmula extremamente padrão dos jogos de plataforma 3D, mas consegue ser divertido. O foco aqui é explorar os níveis, vasculhando através de coletáveis, enquanto tenta chegar ao fim sem morrer para as armadilhas ou inimigos.

O estúdio trouxe um peso maior ao combate do que os outros jogos do gênero. Além dos poderosos socos com a luva de boxe de Kao, você possui diversas habilidades que adicionam um dinamismo ao jogo.

Com combos no chão, golpes no ar e rolamento, os desenvolvedores tentaram dar uma variedade maior ao combate, embora ainda não consigam esconder a simplicidade de cada encontro. Inclusive os chefes se tornam uma repetição dos mesmos movimentos.

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy83NC8wNzMwMzQuanBn

Ainda assim, como em clássicos como Spyro, o foco aqui é conquistar todos os coletáveis. Cada nível possui diversos itens escondidos e segredos bem camuflados para você encontrar, o que garante bônus interessantes, como aumento da barra de vida ou possibilidade de adquirir utensílios para o seu personagem.

Aqui as moedas coletadas durante o jogo possuem uma finalidade estética. Você pode comprar diversos visuais para Kao, seja penteados estilosos ou roupas de moda, podendo moldar o visual do seu personagem. Embora não seja algo que mude completamente a experiência, ainda assim traz um incentivo para coletar as moedas.

Suas partes de plataforma também conseguem ser divertidas, embora nem sempre tragam grandes desafios, o que é compreensível, considerando que é um jogo voltado para um público mais infantil. Ainda assim, ele consegue desafiar os jogadores mais velhos através dos coletáveis, seja um caminho escondido ou um item em lugar de difícil acesso.

Visualmente o jogo é muito agradável, repleto de cores e cenários simples, mas com gráficos bem trabalhados. Os personagens também apresentam designs únicos e bem carismáticos. Outro ponto forte do seu jogo é sua trilha sonora, composta por músicas bem animadas e que combinam com o estilo do jogo.

Embora tente ser uma homenagem para os clássicos do gênero, Kao the Kangaroo acaba mais parecendo como se fosse realmente um jogo daquela época. O título não trouxe a mesma modernização que outras franquias, como Mario e Crash, trouxeram para o gênero.

IMAGEaHR0cHM6Ly9zdGF0aWMuZ2FtZXZpY2lvLmNvbS9pbWFnZW5zX3VwL2JpZy83NC8wNzMwMzMuanBn

Certos aspectos do jogo parecem muito datados, passando a impressão de que o título é mais um remake de um jogo antigo do que realmente um lançamento novo. Suas animações costumam ser um tanto quanto robóticas e o design de níveis é muito simplório.

Embora obviamente não seja o foco, o título ainda consegue trazer uma narrativa até que interessante, mas que cai por água abaixo com um trabalho de atuação lamentável. Grande parte dos personagens, incluindo seu protagonista, mais parecem estar lendo o texto de uma folha do que realmente atuando.

O jogo também conta com uma certa frequência de bugs, coisas pequenas, mas que quando acumuladas podem incomodar. Problemas de detecção casuais que fazem o personagem não se agarrar corretamente a superfícies, personagem travando em certa posição, músicas que acaba cortando inesperadamente, são problemas que aos poucos prejudicam a experiência.

Kao the Kangaroo é um jogo divertido, especialmente para os fãs old school, mas certas partes do conjunto acabam tendo uma apresentação um tanto quanto datada. Para os fãs de plataforma ele sem dúvidas irá trazer uma grande nostalgia.

É um jogo padrão do gênero, que não tenta arriscar em nenhum aspecto. Ele acerta em grandes partes, mas sua falta de ousadia em relação a títulos mais recentes do gênero tornam ele um jogo que parece fora de época.

7.5
thumb_up
Nota
Um jogo divertido, mas que parece preso ao passado.
Prós
  1. Jogo despretensioso, fácil de pegar
  2. Jogabilidade bem responsiva
  3. Visual bonito e chamativo, repleto de cores
  4. Trilha sonora divertida
  5. Vários colecionáveis para encontrar
Contras
  1. Falta de polimento na parte técnica
  2. Trabalho de atuação lamentável
  3. Bugs que podem atrapalhar a experiência
  4. Design de fase e combate simples demais
Vinicius
Vinicius #VSDias55
Equipe do Site, Florianópolis
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque