PlatinumGames diz que não descartaria ofertas de aquisição desde que a liberdade do estúdio seja respeitada

PlatinumGames diz que não descartaria ofertas de aquisição 'desde que a liberdade do estúdio seja respeitada'

CEO da empresa deu a declaração refletindo na liberdade que a Activision Blizzard terá na Microsoft/Xbox
#Games Publicado por Billy Butcher, em

O CEO da PlatinumGames sugeriu que o estúdio estaria disposto a aceitar negociações de serem adquiridos no futuro, caso sua liberdade seja garantida. Falando com a VGC após sua recente promoção a presidente e CEO, Atsushi Inaba foi questionado sobre a recente consolidação na indústria de jogos, mais significativamente marcada pela compra da Activision Blizzard por US$ 70 bilhões pela Microsoft/Xbox, e se a Platinum estaria aberta a ofertas.

Inaba respondeu dizendo que estaria aberto a qualquer possibilidade, desde que a PlatinumGames tivesse o mesmo tipo de independência que ele espera que a Microsoft ofereça a Activision assim que o acordo for concluído.

“A coisa mais importante para nós é ter a liberdade de fazer os jogos que queremos fazer”, disse ele.

“O que eu ouvi sobre as aquisições recentes, eu não acho que a Microsoft vai começar a microgerenciar a Activision Blizzard a ponto de tirar toda a sua liberdade… Eu não acho que vai ser um relacionamento assim."

“Acho que haverá muito respeito mútuo lá e acho que a Activision poderá continuar fazendo o que faz de melhor. Isso também é o que é mais importante para nós no final do dia, qualquer que seja a forma que assuma para nós e nossa empresa. Então eu não recusaria nada, desde que nossa liberdade ainda fosse respeitada.”

Em 2020, a Platinum recebeu investimento do conglomerado chinês Tencent (assim como a Activision Blizzard também recebeu, antes de firmaram o acordo para se vender a Microsoft).

A atividade de fusões e aquisições na indústria de jogos atingiu um recorde de US$ 85 bilhões em 2021 e deve chegar a US$ 150 bilhões este ano, mas o crescimento recente da atividade de fusões e aquisições aparentemente ainda não chegou ao Japão.

Os desenvolvedores do país se consolidaram no passado – incluindo Koei Tecmo, Bandai Namco, Sega Sammy e Square Enix – mas ainda não vimos nada no nível da compra da Bungie por US$ 3,6 bilhões pelo PlayStation, sem falar no acordo de quase US$ 70 bilhões do Xbox com a Activision.

Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por DreadnaughtBR,
#Games, Por coca,