Mike Ybarra, Presidente da Blizzard Entertainment, fala sobre as novas medidas da empresa perante as recentes polêmicas

Mike Ybarra, Presidente da Blizzard Entertainment, fala sobre as novas medidas da empresa perante as recentes polêmicas

Empresa estará dando foco em se transformar num local acolhedor aos criativos, bem como reforçando sua equipe de RH
#Games Publicado por Billy Butcher, em

Antes de se juntar a Microsoft Gaming (Xbox), a Blizzard Entertainment ainda permanecerá pelo menos 18 meses como uma empresa independente, alocada dentro da Activision Blizzard, e até lá, a empresa tem dezenas de questões a serem resolvidas.

Como você deve se lembrar, a Blizzard foi o alvo de inúmeras reportagens ao longo do último semestre de 2021, com um dossiê trazido pelo Wall Street Journal (WSJ) informando dezenas de problemas que ocorrem a pelo menos uma década dentro da companhia, incluindo o extermínio da visão criativa em projetos, salários desiguais, racismo, assédio à mulheres, entre outros.

O caso ganhou maior força após o Governo da Califórnia entrar com um pedido de processo judicial a Activision Blizzard em Agosto de 2021, e ao longo dos meses de Setembro e Outubro, foi divulgado que Bobby Kotick – CEO da Activision Blizzard – vinha tentando coagir testemunhas e comprar a voz de veículos jornalísticos numa tentativa de distorcer os fatos que eram contra a empresa.

Desde então, J. Allen Back, que assumiu a presidência da Blizzard Entertainment em 2018, foi demitido de seu cargo, e em seu lugar, Mike Ybarra, ex-Vice Presidente do Xbox e na época CVP da Blizzard Entertainment, foi colocado como Presidente de toda companhia.

Ao longo desse tempo, nomes como Jeff Kaplan (criaxor e diretor de Overwatch), Luis Barriga (diretor criativo de Diablo IV) e Jesse McCree (diretor de design de Diablo IV) deixaram a empresa, forçando o adiamento dos novos capítulos de ambas as séries, que ainda carecem de datas concretas para o lançamento.

Agora que a empresa está passando por grandes mudanças, incluindo sua entrada na Divisão Xbox, que já conta com nomes como Bethesda Game Studios e Obsidian Entertainment, a Blizzard pretende se reestruturar e reorganizar os seus esforços em melhorar o ambiente de trabalho aos seus funcionários e trazer maior transparência a sua comunidade de jogadores.

Esse foram alguns dos pontos principais que Ybarra comentou em uma carta aberta divulgada no site oficial da Blizzard Entertainment durante a noite do dia 20 de janeiro, quinta-feira. Nela, o executivo começa dizendo que:

"Tenho a honra de fazer parte da Blizzard Entertainment – ​​a rica história, o talento incrível, as melhores comunidades de jogadores e, claro, os jogos incríveis que temos a sorte de criar. Estou liderando a Blizzard há alguns meses e, além das notícias emocionantes desta semana, quero compartilhar alguns pensamentos iniciais enquanto nos esforçamos para colocar nossa equipe e jogadores na vanguarda de tudo o que fazemos.

2021 foi desafiador para todos nós. Como indivíduos, nos preocupamos em tratar todos ao nosso redor com respeito e dignidade. Como profissionais, nos preocupamos profundamente com nossos ofícios e queremos trabalhar no ambiente mais solidário e seguro possível."

Ele continua dizendo:

"Nossa principal prioridade – agora e no futuro – é o trabalho que estamos fazendo para reconstruir sua confiança na Blizzard. Ver a Blizzard trabalhar de forma tão criativa e diligente como temos feito durante esse período desafiador (além de uma pandemia em andamento) tem sido inspirador. Navegar por esses desafios, evoluir nossos processos de desenvolvimento, ser introspectivos e observar como podemos melhorar nossa cultura mostra uma força e compromisso incríveis uns com os outros, com nosso trabalho e com as comunidades de jogadores.

Também fui encorajado a ler fóruns, postagens sociais e e-mails de pessoas dentro e fora da Blizzard, defendendo o que é certo e nos dando sua orientação. Quero que todos saibam que estamos ouvindo e estamos comprometidos com a mudança."

A aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft Gaming foi anunciada na manhã da última terça-feira, 18 de janeiro, pela quantia de US$ 68,7 bilhões (ou US$ 95 por ação). É esperado que o negócio seja concluído em junho de 2023, e até lá, a Microsoft confirmou que trabalhará lado-a-lado com a empresa para corrigir todas as situações preocupantes que ela se envolveu nos últimos meses.

Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro
Deixe seu comentário para sabermos o que você achou da publicação
Não se esqueça que você pode participar do nosso Discord.
E também nos seguir no Facebook, Twitter, Instagram e na nossa curadorida da Steam.
Publicações em Destaque
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por DreadnaughtBR,
#Games, Por coca,