Análise | AI: The Somnium Files

Análise | AI: The Somnium Files

Provavelmente a novela mais estranha que você verá
#Artigos Publicado por Sr Ori, em

AI: The Somnium Files é um jogo que não é muito comum de ser jogado no ocidente mas é bem interessante, pertencendo ao gênero visual novel. Jogos do gênero focam majoritariamente em acompanhar uma história e muitas vezes fazer certas escolhas, deixando a jogabilidade que estamos acostumados como algo mais simples ou de segundo plano. Neste jogo não é muito diferente, mas vou explicar um pouco do que ele traz de interessante, diferente e no que eu acredito que erraram.

Começando pelo foco do jogo, ele inicia a história com um assassinato, onde uma pessoa foi encontrada morta amarrada em um carrossel e que também teve seu olho esquerdo arrancado. O jogador assume o papel de Kaname Date, um investigador especial da polícia, para tentar solucionar esse estranho mistério. Além desse personagem, uma IA em forma de olho que faz parte dele participa da história a todo momento, ajudando Date nas investigações com suas habilidades. Sim, é bem bizarro mesmo.

A partir daí, o jogador é introduzido a diversos personagens que farão parte da história, conversando com cada um deles e compreendendo um pouco da personalidade de cada um. Nisso eles acertaram bastante, pois dá pra notar grandes diferenças entre eles e entender bem suas motivações para suas escolhas feitas durante a história. O que achei que auxiliou bastante na imersão das conversas foram o design escolhido para os personagens e também a dublagem que mostra a reação deles a cada texto passado. Essa mecânica de interação com os personagens também contribui para a solução do mistério, pois vendo a perspectiva e conhecimento de cada um diante dos acontecimentos, as explicações para história vão aparecendo aos poucos.

E como já era de se esperar, os textos são extremamente longos e o jogador praticamente só irá apertar o botão de passar para o próximo diálogo. Por outro lado, a história, depois de passar a introdução, realmente consegue prender a atenção pelo conjunto de fatores, como personagens, acontecimentos, mistérios, humor e bizarrices. O jogo não tem medo de surpreender e sempre traz situações/explicações novas para continuar gerando o interesse na história e personagens.

Outro ponto interessante da história é que o jogo têm vários finais, mas boa parte deles se complementam para a compreensão da história como um todo, ou seja, quanto mais finais o jogador fizer, mais ele estará por dentro da história. O jogo também facilita um pouco para mudar entre os finais através de um mapa com uma linha do tempo, evitando que o jogador repita sem querer alguma fase e continue diretamente de onde quer. Essa acabou sendo uma forma bem interessante de contar uma história, pois a cada final sempre acontecem coisas diferentes e algumas vezes o jogador consegue conhecer um pouco mais de outros personagens que não foram tão bem abordados na linha do tempo anterior.

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLmltZ3VyLmNvbS9zSG9aeU1jLnBuZw==

Mas outra parte não menos importante e que auxiliará nas investigações, é a máquina usada por Date para entrar no sonho das pessoas que são investigadas, sendo bastante utilizada quando o personagem não quer falar sobre o ocorrido ou teve algum problema que o impede de comentar sobre isso. Essa é a parte jogável do jogo, em que o jogador acompanha uma pequena amostra do sonho da pessoa investigada para descobrir pistas do que a pessoa pode saber sobre o ocorrido. A cada interação com objetos do cenário, o jogador perde alguns segundos/minutos dentro do limite máximo de 6 minutos, tendo que repetir o somnium caso ultrapasse esse tempo. A dificuldade dessa mecânica é bem simples, pois mesmo o jogo incluindo algumas punições para diminuir o tempo, atingir o objetivo continua sendo muito fácil de conseguir e não é nenhum pouco punitivo caso precise repetir todo o processo.

Ainda falando sobre o somnium, ele pode tanto mostrar algumas coisas bem claras para o jogador quanto outras coisas que sequer fazem sentido. Isso acaba desmotivando um pouco para cumprir o desafio caso não mostre algo significante para a compreensão da história, mas todos são obrigatórios de concluir para poder prosseguir na linha do tempo em que o jogador está seguindo.

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLmltZ3VyLmNvbS9LYk5SSWRQLnBuZw==

Outra mecânica que é bastante utilizada no jogo para investigação e que também é bem comum em jogos do gênero "escape room", é o aponte e clique para descobrir/interagir com os objetos. Essas interações mostram o que os objetos do cenário podem dizer sobre as cenas de crime ou sobre os suspeitos que estão sendo investigados. O jogo não traz nenhum diferencial em relação a essa mecânica se comparado a jogos mais antigos e que também a utilizam, além de que, muitas vezes, a progressão só será feita se encontrar/falar com os personagens em uma ordem exata, deixando muito linear e tedioso por ter que notar que aquilo que você já clicou e não tinha dado resposta dará respostas por causa de outras ações feitas posteriormente.

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLmltZ3VyLmNvbS9WSGNRa0dsLnBuZw==

Na parte audiovisual, o jogo consegue ser muito competente com as músicas, dublagens e gráficos, trazendo uma experiência completa para quem for fisgado pela história apresentada. Esse conjunto de elementos também auxiliam a compreender o humor e diversas outras expressões apresentadas pelos personagens, tornando-se perfeito para uma visual novel. Sentimentos como frustrações, dúvida, raiva, alegria, vergonha e vários outros são muito bem demonstrados durante as conversas entre personagens.

No geral, o jogo é muito competente no quesito história, humor e imersão, mas peca em seus elementos de jogabilidade apresentados, sendo muito ultrapassado ou entediante passar em grande parte da vezes por essas mecâncias. Apesar dos problemas, caso queira apenas curtir uma história muito interessante e bizarra, esse provavelmente é o jogo que vai te entreter por longas horas, mesmo que quase apenas assistindo o jogo.

Disponível nas plataformas: Switch, PS4/PS5, Xbox One, Xbox Series X|S e PC.

8.5
Nota
Uma visual novel que te prende com uma história interessante e bem bizarra
Prós
  1. História
  2. Personagens interessantes e misteriosos
  3. Dublagens
  4. Músicas e gráficos
  5. Escolha de linha do tempo
Contras
  1. Somnium sem desafios e simples
  2. Mecânicas de investigação muito simples
Sr Ori
Sr Ori #luhckaz100

Fã de yakuza e jogos que trazem experiências criativas e diferentes das que já tive.

Usuário do Site
Publicações em Destaque
#Games, Por VSDias55,
#Games, Por T1cT4c,
#Games, Por BillyButcher,