Diretor de Deus Ex e Guardians of the Galaxy diz que não há motivo para ficar desempolgado com jogos da Marvel

Diretor de Deus Ex e Guardians of the Galaxy diz que não há motivo para ficar desempolgado com jogos da Marvel

O diretor da Eidos-Montréal afirma que seu jogo será muito diferente do malfadado Avengers da Crystal Dynamics
#Notícias Publicado por Billy Butcher, em

Há uma discussão afora, na qual é debatido a relevância de jogos baseados em IPs da Marvel, especialmente as que estão com empresas AAA, onde se deve uma melhor qualidade, seja na parte técnica ou de conteúdo, algo que no momento, só a Insomniac Games vem acertando.

No ano passado, a editora Square Enix Europe publicou seu próprio jogo licenciado, Marvel's Avengers, um título desenvolvido pela Crystal Dynamics e sua subsidiária Crystal Northwest, contando com o apoio de demais outros estúdios como a Eidos-Montréal e a Nixxes Software. Planejado como um título bruto de alta escala, Marvel's Avengers custou mais de US$ 170 milhões em seu desenvolvimento, e até hoje não se pagou.

Isso porque desde a Beta do título, que ocorreu em agosto de 2020, diversas críticas foram feitas, seja por seus milhares de bugs e problemas técnicos em texturas, física, IA e o pior de todos, na exigência de hardware no PC, com os jogadores e mídia citando sua péssima otimização.

Neste ano a Square Enix Europe quer fazer diferente, colocando o querido estúdio Eidos-Montréal, de Deus Ex: Human Revolution e Deus Ex: Mankind Divided, duas joias do FPS RPG de Stealth num cenário cyberpunk com design Immersive-sim, a cargo de um título baseado no universo dos Guardiões da Galáxia. Revelado na E3 2021, Marvel's Guardians of the Galaxy será um título de ação e aventura com elementos de RPG, e diferente de Avengers, vai ser somente Single-player.

A maior parte da comunidade está cética com o jogo, principalmente depois de ver as animações e expressões faciais dos personagens, que se mostraram um tanto datadas e abaixo do que se espera de um AAA, e depois do que foi o alvoroço com Marvel's Avengers, fica difícil dar outra chance para a Square Enix Europe.

Jean-François Dugas, diretor criativo dos recentes Deus Ex e do próximo Guardians of the Galaxy deu uma entrevista para a VGC, onde falou que não há motivos para a comunidade de jogadores se animar quando um jogo da Marvel é anunciado. Quanto perguntado sobre as semelhanças entre seu jogo com o da Crystal Dynamics, ele citou:

''Marvel's Guardians of the Galaxy é um jogo muito diferente. É uma grande aventura Single-player dirigida narrativamente do início ao fim.''

''Você assume o papel de Star Lord (Peter Quill), o chamado líder dos Guardiões. A equipe está sempre viva ao seu redor, participando de quase todos os momentos que o jogo tem a oferecer.''

''É uma aventura selvagem com muitas voltas e reviravoltas. O humor também é uma grande parte disso. É um passeio selvagem e cheio de ação em que você vai rir muito e chorar algumas lágrimas.''

''Se você dá ao público grandes histórias e aventuras, não vejo razão para que os fãs não fiquem tão animados com o próximo jogo da Marvel quanto estariam com o próximo filme da Marvel.''

UUJuOFNUOHJFTGM=

Ele também cita os casos controversos de Marvel's Avengers com o Guardians of the Galaxy. Por exemplo, foi dito pela Square Europe que o Avengers não teria conteúdos presos por microtransações, com a possibilidade de desbloquear skins sendo algo possível com a própria moeda do jogo. Isso se mostrou falso quando foram chegadas os trajes baseados no MCU (Universo Cinematográfico da Marvel), que só podem ser adquiridas com dinheiro real.

''Quando o Marvel's Avengers foi lançado, já estávamos em plena produção. Tais modelos, como o de Micro-transações, são algo que você não pode fazer no último minuto. É algo que faz parte da visão criativa, caso seja de acordo com o desejo do estúdio. Em nosso caso, tomamos essa decisão de não colocar DLCs ou conteúdos pagos desde os estágios iniciais do projeto.''

IMAGEaHR0cHM6Ly93d3cudmlkZW9nYW1lc2Nocm9uaWNsZS5jb20vZmlsZXMvMjAyMS8wOC9qZWFuLWZyYW5jb2lzLWR1Z2FzLXNjYWxlZC5qcGc=

Jean-François Dugas, diretor de Marvel's Guardians of the Galaxy.

Marvel's Guardians of the Galaxy será lançado em 26 de Outubro de 2021 para Xbox Series X/S, PlayStation 5, Xbox One, PlayStation 4 e PC.

Billy Butcher
Billy Butcher #BillyButcher

Um grande fã de jogos e filmes dos gêneros Stealth e Ficção-Científica.

Tenho uma paixão imensa pela franquia Metal Gear Solid, na qual considero a minha favorita, porém também sou um grande amante das sagas Halo e StarCraft.

Moderador do Site, Volta Redonda, Rio de Janeiro