O desastre no lançamento do PlayStation 3

O desastre no lançamento do PlayStation 3

Quem foi o pai do PlayStation?
#Artigos Publicado por Nagash, em

O PlayStation é uma marca que traz muitas lembranças, e é por essas lembranças que iremos trazer este pequeno artigo a respeito de quem foi o pai do Playstation, e como ele contribuiu para que a Sony se tornasse o que ela é hoje.

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLnBvc3RpbWcuY2Mvd3ZMNnhycFkva2VuLWt1dGFyYWdpLVBTMy0xMjgweDcyMC5qcGc=

O pai do PlayStation, Kutaragi, 70 anos de idade, quando comandou toda a divisão PlayStation até a época do PlayStation 3, tinha uma visão muito diferente das concorrentes. Tivemos um caso com relação a Microsoft, Kutaragi não levava a sério a empresa como uma oponente a altura. Para termos uma ideia, Ken Kutaragi, ex-CEO da divisão Playstation, até mesmo chegou a falar que "o Xbox 360 era um Xbox 1.5 e que poderiam considerar um trabalho em equipe para fabricação de mais games". Realmente era um CEO que dava muito o que falar com suas palavras e ações depois de construir o primeiro console de sucesso por parte da Sony e seus sucessores.

Quando a Sony decidiu criar seu primeiro console era para ser uma parceria entre a Sony e a Nintendo, um console Super NES, com a logo da Sony e que seria capaz de funcionar tanto com cartuchos como mídia física e toda essa parceria estava indo bem, até que surgiram divergências com licenciamento fazendo então com que se separassem e fazendo com que, Ken Kutagari e Sony, continuassem com a construção de seu console sem a participação da Nintendo.

Com então o sucesso da marca PlayStation, e com o lançamento dos seus dois consoles, o pai da Playstation então dava o seu próximo passo em direção a um futuro incerto com o Playstation 3.

Playstation 3 dividiu muitas opiniões, causando muitos prejuízos para a Sony, fazendo com que os desenvolvedores migrassem para o console da Microsoft, Xbox 360. Podemos fazer a suposição de que, o console da Microsoft esteve em seu melhor e impulsionou-se graças ao fracasso do PlayStation 3, já que os jogos multiplataforma tinha um melhor suporte para o console Xbox 360 da Microsoft.

Mas como que um console tão poderoso como o Playstation 3 acabou sendo inferior ao console da Microsoft?

Ken Kutaragi, ex-CEO da Playstation, tinha um propósito muito maior com seu PlayStation 3, que era construir realmente um super computador para a sala de entretenimento. E ele realmente conseguiu construir, o console era muito poderoso, as pessoas estavam ansiosas até que os desenvolvedores começaram a repassar seus feedbacks de que era muito complicado lidar com a programação/desenvolvimento de jogos para o PlayStation 3.

Um desenvolvedor até mesmo chegou a falar...

"Primeiro vamos programar para o Playstation 3, se funcionar no Playstation 3, vai funcionar no Xbox 360."

Gabe Newell, em uma entrevista em 2007 falou o seguinte (antes mesmo do declínio da consola)...

"PlayStation 3 é uma perda de tempo."

O "super computador de entretenimento", como era chamado, não tinha o propósito de ser chamado de uma máquina de games, não era voltado para crianças. A intenção da consola era "apenas" ser uma máquina sofisticada e avançada voltada para o entretenimento. Você pode entender muitas coisas com isso mas temos uma entrevista que o próprio falou a respeito dessa "super máquina voltada ao entretenimento".

Ken Kutaragi, em uma entrevista, explica de uma forma detalhada o que a marca representava naquela época para a indústria no ponto de vista dele:

O PlayStation 3 não é uma máquina de jogos. Nunca o chamamos de máquina de jogo ", afirmou Kutaragi no início de sua última entrevista." O PS3 é o produto que buscamos desde o estabelecimento da SCEI ", disse Kutaragi." Não temos criado nossas consolas PlayStations por causa dos jogos. Nossa crença e a motivação por trás de nossa empresa tem sido explorar maneiras de aplicar o poder dos computadores para entretenimento e diversão. Equipamos o PlayStation original com um chip gráfico 3D e o PS2 com o motor Emotion. O PS3 não foi projetado para se inclinar para jogos. Não é um computador para crianças. No sentido de que nosso objetivo era criar um computador voltado para o entretenimento, você poderia dizer que o PlayStation e o PlayStation 2 originais existiram como passos em direção ao PlayStation 3."

"Com o PlayStation original, nossas intenções eram trazer gráficos de qualidade SGI para as residências. Com o PS3, nossas intenções eram criar uma máquina com recursos de cálculo de supercomputador para entretenimento doméstico. É por isso que nos associamos à IBM, que é conhecida por seus supercomputadores e co-desenvolvemos o Cell junto com eles e a Toshiba ", disse Kutaragi.

"Os PCs atualmente disponíveis foram criados como ferramentas de trabalho. Eles começaram a vender computadores com recursos de reprodução de mídia, como o PC Media Center, mas eles apenas imitam as funções dos eletrônicos domésticos. Não é como se essas máquinas tivessem sido criadas exclusivamente para entretenimento. Por outro lado, o PS3 foi criado especificamente como um computador para entretenimento. Entretenimento refere-se a muitas coisas, e não apenas a jogos. O PS3 será capaz de fornecer funções poderosas para todas as formas de entretenimento, "

Depois de todos esses problemas que aconteceram na plataforma, tudo isso fez com que a Microsoft ganhasse a disputa de consoles por muito tempo e fazendo a Sony arcar com todo os prejuízos financeiros além de fazer um novo projeto para resolver os problemas do PlayStation 3, como a luz amarela da morte por exemplo.

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLnBvc3RpbWcuY2MvckZZUVBMVncvUHMzLWZhdC15ZWxsb3ctbGlnaHQuanBn

No total foram 3 projetos, mas com diferentes modelos para conseguirem contornar todos os problemas que o PlayStation 3 estava sofrendo que foram os seguintes como vamos mostrar nas imagens.

Imagem por ordem dos 3 projetos do Playstation 3

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLnBvc3RpbWcuY2MveDFmZzhUNjUvbWFpbi1xaW1nLTZmNzEwZmFmYzYwMWFhNGUyMGY0ZTZjMzE4ZTI0Y2E3LmpwZw==

Depois de todos os problemas consertados, a marca já estava conseguindo se consolidar novamente com exclusivos mostrando toda a capacidade de processamento do processador Cell, que era justamente sempre destacada com os exclusivos da Sony.

Quem não se lembra do Uncharted 3 em seu lançamento com gráficos incríveis para a época?

Tudo aquilo era possível graças ao poderoso processador Cell da Sony em parceria com a Toshiba & IBM (Não o do Dragon Ball Z).

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLnBvc3RpbWcuY2MvQ0twQzNoV1MvdW5jaGFydGVkMWEuanBn

E então, logo depois de consertarem todos os problemas causado pelo lançamento desastroso do PlayStation 3, o número de vendas ficou quase que iguais mas com o console da Sony saindo em primeiro lugar.

PlayStation 387.4 milhões de unidades vendidas

Xbox 36085.2 milhões de unidades vendidas

Realmente foi uma disputa e tanto para ambas as consolas, mostrando tudo que poderiam oferecer, dando até rixas na internet.

Quem não se lembra do caso da grama do Xbox 360 que estava melhor que a do Playstation 3?

IMAGEaHR0cHM6Ly9pLnBvc3RpbWcuY2MvWm5RcFY0OGsvMjB0MnAzNi5wbmc=

Brincadeiras a parte, são coisas que ficarão nos nossos corações pois ambas as marcas mostraram tudo que poderiam na maravilhosa e bonita que foi a sétima geração de consoles, salvas em nossas memórias.

Nagash
Nagash #Mestreuia

Moderador de Comentários vivendo a vida em outro país.

Moderador do Site